Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Novembro traz ‘Tardes Gulosas’ no bico e promoções especiais para descobrir
Serviços Municipalizados de Viana do Castelo mantêm tarifas dos resíduos sólidos urbanos em 2021

Novembro traz ‘Tardes Gulosas’ no bico e promoções especiais para descobrir

Barcelos celebra o Natal com diversas iniciativas

Novembro traz ‘Tardes Gulosas’ no bico  e promoções especiais para descobrir

Economia

2020-10-30 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

São 16 as pastelarias que durante este mês apresentam promoções especiais aos consumidores no mês de Novembro. A iniciativa das ‘Tardes Gulosas’ está de volta para dar a provar as melhores especialidades com a promoção ‘Leve 2, pague 1’.

Porque “todos os dias são um bom dia para descobrir o lado doce da vida”, chega mais uma edição das ‘Tardes Gulosas’, convidando os bracarenses e visitantes a aproveitar as promoções diárias durante o mês de Novembro e degustar as melhores especialidades da doçaria local. A iniciativa arranca já na próxima segunda-feira na expectativa de fazer gerar mais 50 mil euros de receita ao sector só com a venda promocional das suas melhores especialidades e há um passatempo associado com prémios aliciantes para os vencedores.

As ‘Tardes Gulosas’ de Novembro, promovidas pela Associação Comercial de Braga (ACB), em parceria com o Município de Braga, têm como grande objectivo animar o sector da pastelaria numa época, tradicionalmente mais ‘baixa’, este ano ainda mais agravada com o contexto pandémico da Co-vid-19.
Ao todo são 16 as pastelarias que entram no programa das ‘Tardes Gulosas’, disponibilizando aos consumidores a promoção ‘Leve 2, pague 1’ em vários momentos, dias e semanas diferenciados, precisamente para evitar aglomerações de pessoas, explicou Rui Marques, director-geral da ACB.

Há pastelarias que fazem a promoção ‘Dias Imperdíveis’ (em dias específicos), há outras que fazem as promoções ‘Segundas Felizes’ (todas as segundas-feiras) e outras ainda que fazem as suas ‘Semanas Gulosas’ (colocando as suas especialidades em promoção em mais do que um dia da semana).
A iniciativa decorre em várias modalidades no ‘The Cheesecake Story’, ‘Rosa Cintilante Pastelarias’, ‘Nut’Braga’, ‘Pastelaria Bom Jesus’, ‘Pastelaria Brígida’, ‘Pastelaria Soares’, ‘Pastelaria S. João’, ‘Doçaria S. Vicente, ‘Cerealover Café’, ‘Ciccoria Caffé’, ‘Chocolataria Equador’, ‘Doce Portuguesa’, ‘Último do Pacote’, ‘BLB Pastelaria’ e ‘Café Vianna’. Cada um dos espaços é dado a conhecer ao pormenor diariamente pela ‘Antena Minho’ e ‘Correio do Minho’.
Na apresentação das ‘Tardes Gulosas’2020’, o presidente da ACB, Domingos Macedo Barbosa, afirmou que esta “é uma iniciativa de sucesso”, que se deve aos empresários do sector pasteleiro, considerando-o como um dos mais “inovadores” e ao envolvimento de parceiros públicos e privados.

“A pastelaria e doçaria portuguesa são parte integrante da nossa cultura, um património que muito contribui para a atracção de públicos e dinamização do turismo”, assinalou Domingos Macedo Barbosa, incentivando os consumidores a ajudar o sector a “sobreviver” perante a actual crise pandémica que se vive.
Porque há um passatempo com prémios associado às ‘Tardes Gulosas’, juntam-se a esta edição as parcerias da ‘Urbinfor’ (que vai oferecer uma licença experimental durante três meses do Software GPanifica/versão profissional ao estabelecimento onde for tirada a foto vencedora do 1.º prémio do passatempo) e da V.A.tour Operador - Grupo de Transportes do Vale do Ave (que oferece o 2.º prémio com vista a estimular os consumidores para viajar); além da Casa da Herdade (Cabeceiras de Basto), que oferece o 1.º prémio e da Aesacademy, que oferece o 3.º prémio.

Vereador do Turismo desafia hotéis e alojamento a ter ‘pacotes promocionais’

O vereador do Turismo da Câmara Municipal de Braga, Altino Bessa, desafiou os operadores locais do sector da hotelaria e do alojamento local a desenharem também ‘pacotes promocionais’ que sejam atractivos para os visitantes virem a Braga e ao Minho. O responsável dá como exemplo a iniciativa das ‘Tardes Gulosas’ do sector da pastelaria, e de outros sectores como a restauração, cafés e bares, que têm feito esta aposta, indicando que agora é “tempo de resistir”. “A economia e pequena economia vive um período de resistir, porque este ano não é para ganhar dinheiro, mas para conseguir manter as empresas a funcionar e para que o emprego se mantenha”, disse, incentivando o alojamento e hotelaria a fazer também esta aposta.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho