Correio do Minho

Braga,

- +
Novos pelouros permitem responder melhor aos desafios apresentados ao executivo municipal de Famalicão
Solidariedade que faz os sonhos acontecer

Novos pelouros permitem responder melhor aos desafios apresentados ao executivo municipal de Famalicão

Estudar química é “um caminho de futuro”

Novos pelouros permitem responder melhor aos desafios apresentados ao executivo municipal de Famalicão

Vale do Ave

2021-10-15 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Mário Passos, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, anunciou ontem a criação dos pelouros dos Transportes (independentes da Mobilidade), da Saúde, da Inteligência Urbana, da Transição Energética e da Transição Digital.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Mário Passos, apresentou ontem a atribuição dos pelouros aos respectivos vereadores.
Os pelouros da Saúde, dos Transportes e da Transição Energética são as principais novidades
A equipa apresenta-se renovada, apesar de alguns dos vereadores já transitarem do executivo municipal anterior, liderado por Paulo Cunha.
Os sete vereadores eleitos pela Coligação PSD/CDS-PP constituem, no entender de Mário Passos, uma equipa capaz de responder aos desafios que se apresentam ao executivo municipal.

Para o efeito, foram criados novos pelouros. “Existem algumas novidades, no que respeita a pelouros, e isso tem a ver com o programa eleitoral que foi apresentado, para enfrentar os novos desafios em algumas áreas. Desde logo a ambiental, mas também a Saúde. Destaco também os Transportes, que aparecem de forma autónoma da mobilidade. A Saúde, deixa de ser a Saúde Pública para ser a Saúde, muito mais abrangente. A Habitação já existia mas foi um pelouro reestruturado, para além de outros como a Inteligência Urbana e a Transiçao Energética”, anunciou Mário Passos.

A Interculturalidade e a Integração é outra das apostas do actual executivo. “Temos que, desde já, estar preparados para os imigrantes, que será uma realidade cada vez maior em Portugal e em Famalicão. Este pelouro será muito importante para nos ajudar a colmatar a possível falta de mão-de-obra e estamos preparados para integrar estas pessoas”.
A Transição Digital também será um novo pelouro.
Na primeira reunião do executivo municipal depois da tomada de posse, ontem de manhã, foi feita a seguinte distribuição dos pelouros.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Mário Passos, ficou com os pelouros do Planeamento e Gestão Urbanística, Obras Municipais, Freguesias, Habitação, Recursos Humanos, Solidariedade Social, Contratação Pública, Governação Municipal e Inteligência Urbana, Transição Energética, Gestão Financeira, Planeamento estratégico, Modernização Aministrativa e Transição Digital. O vice-presidente Ricardo Mendes, fica responsável pelos Assuntos Jurídicos e Contencioso, Protecção Civil, Mercados e Feiras e Segurança.

Sofia Fernandes é a vereadora da Saúde, Transportes e Mobilidade, Igualdade, Interculturalidade e Integração, Família, Segurança Rodoviária e Ocupação do Espaço Público.
Augusto Lima fica com as pastas da Educação e Ciência, Relações Internacionais, Desenvolvimento Integral, Manutenção do Espaço e Equipamentos Públicos, Economia, Empreendedorismo e Inovação.
Pedro Oliveira é o vereador do Desporto, da Cultura e do Associativismo.
Luísa Azevedo ficou com as pastas da Juventude, Voluntariado e Turismo. Os pelouros do Ambiente, Defesa do Consumidor, Gestão Cemiterial e Bem Estar Animal são da responsabilidade de Hélder Pereira.

Pelouros foram atribuídos com base na experiência e formação de cada vereador

O novo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Mário Passos, garantiu aos jornalistas que a atribuição dos pelouros teve em conta a experiência e a formação de cada um dos vereadores.
“Há sempre critérios por trás da atribuição de pelouros. Desde logo a experiência, a formação inicial de cada um de nós (membros do executivo municipal). Estes são os aspectos principais que estiveram por trás da atribuição dos pelouros aos vereadores”, destacou Mário Passos. O autarca reconheceu que os pelouros contribuem para uma gestão municipal integrada.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho