Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Oficinas da Criatividade Himalaya promovem a ciência viva nos jovens
Vila Verde vai ser dotado de novo Centro Urbano

Oficinas da Criatividade Himalaya promovem a ciência viva nos jovens

Escola Técnica Superior Profissional do IPCA é inaugurada em Setembro

Oficinas da Criatividade Himalaya promovem a ciência viva nos jovens

Alto Minho

2021-05-13 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, inaugurou o espaço e ficou impressionado ao ver vários jovens a fazerem experiências nos equipamentos das oficinas. Investimento foi superior a dois milhões de euros.

As Oficinas da Criatividade Himalaya foram concebidas para “serem muito pedagógicas, didácticas e acessiveis a pessoas de todas as idades, mas sobretudo aos mais jovens.” . Esta foi a impressão com que ficou o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que ontem inaugurou o espaço instalado na antiga escola secundária dos Arcos de Valdevez. Marcelo Rebelo de Sousa teve oportunidade de ver alguns jovens a experimentar os vários equipamentos e notou que “perceberam o sentido de tudo. Isto é ciência viva desde a mais tenra idade. Assim nascem os cientistas de amanhã.”.
O chefe de Estado realizou ontem uma visita ao concelho dos Arcos de Valdevez que incidiu, sobretudo, nas áreas da Educação e da assitência social “A Educação é futuro. Fomos a uma instituição que é a Santa Casa da Misericórdia. Cobre as mais variadas valências e preocupações sociais que são inseparáveis da educação, da saúde, do desenvolvimento económico e da justiça social e terminamos nesta obra (Oficinas da Criatividade Himalaya) e que percebi que era a menina dos olhos dos responsáveis autárquicos. É uma obra do domínio da ciência, da inovação, da mudança, da ciência. É futuro. Isto é o chamado desenvolvimento integral. Saio daqui confiante no futuro desta terra e desta gente”, apontou o Presidente da República.
Entre ‘selfies’ e palmas, Marcelo Rebelo de Sousa ouviu o presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, dizer que as Oficinas da Criatividade Himalaya são “um espaço de divulgação da ciência, de divulgação do conhecimento” e que permite “que sejamos actores de um processo de desenvolvimento que queremos que seja sustentável. Passamos a ser eco-cidadãos com participação activa. Queremos mostrar quem foi este inventor que foi pioneiro em diversas àreas: nas energias renováveis, na reciclagem, na agricultura, na saúde, na educação”. As oficinas significam um investimento de mais de dois milhões de euros. O autarca arcuense aproveitou a visita do Chefe de Estado para lembrar que Arcos de Valdevez integra os territórios de baixa densidade e apontou três desafios para o futuro. “O primeiro deles é que a população está a diminuir e precisamos de inverter essa tendência, temos de reter e atrair população. Para isso, solicitamos políticas integradas de apoio à natalidade, de apoio ao regresso das pessoas. A melhor forma é pedir a deslocalização de escolas, de cursos, de faculdades e isso é uma oportunidade de dinamizar o território. Queremos tambémum território competitivo. Há que criar condições para melhorar a ligação à fronteira e investir na geração 5G (redes tecnológicas)”, destacou João Manuel Esteves.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho