Correio do Minho

Braga, sábado

‘Ora pro Nortes’ doada por Walter Nu vai ser instalada no Sameiro
Parceria requalificou Centro Pastoral de Anjos

‘Ora pro Nortes’ doada por Walter Nu vai ser instalada no Sameiro

Município de Esposende aposta na valorização da obra de Henrique Medina

Braga

2018-08-19 às 12h00

Marlene Cerqueira

Artista plástico Walter Nu doou à Diocese a obra que criou para a I Bienal de Arte Sacra Contemporânea de Braga. Cónego José Paulo Abreu revelou que a peça vai ser instalada no Sameiro.

Doada pelo artista plástico Walter Nu à diocese de Braga, a peça ‘Oras pro Nortes’ vai ficar instalada no Sameiro, espaço mariano que é visitado por mais de um milhão de pessoas por ano.

O documento de doação da obra de arte que integra a I Bienal Internacional de Arte Sacra Contemporânea de Braga foi assinado ontem à tarde, pelo artista plástico brasileiro e pelo cónego José Paulo Abreu, vigário-geral da diocese e director do Museu PIO XII.

“A nossa ideia é colocar esta obra, que representa Nossa Senhora, no Sameiro. Esta é uma peça que exige um espaço amplo para ser apreciada com a dignidade que merece”, referiu José Paulo Abreu, concretizando que a peça vai ser instalada no lago dos Jardins João Paulo II, junto à antiga albergaria.

“Vamos encher outra vez o lago e colocar lá esta imagem de Nossa Senhora. Ficará bem localizada, quer pela evocação mariana, quer pela água que representa a sua ligação à Senhora dos Navegantes”, justificou.
Actualmente a obra ‘Oras pro Nortes’ pode ser apreciada por todos à porta do Museu Pio XII, assumindo-se como” o grande chamariz” para os visitantes da Bienal.

O cónego realça que a opção pelo Sameiro coloca desde já dois desafios que é preciso resolver: a fixação da peça ao chão, pois trata-se de um local onde se sente muito o vento, e também a protecção do próprio material que dá forma à obra de arte.
“O Sameiro tem registado cerca de um milhão de visitantes por ano, por isso esta escultura terá o brilho e a dignidade que merece naquele local”, referiu, agradecendo ao artista esta dádiva à diocese e realçando que o nome de Walter Nu será aqui perpetuado através desta obra.

Já o artista realçou que para ele “é uma honra” participar nesta I Bienal Internacional de Arte Sacra de Braga e também ter oportunidade de concretizar esta doação. Mostrou-se também bastante satisfeito com o local proposto pela diocese para instalar a estátua.

No âmbito da assinatura deste acordo, o cónego José Paulo Abreu revelou que a Bienal já foi visitada por mais de meio milhar de pessoas, no entanto a grande enchente de público é esperada durante a Noite Branca. “O Museu Pio XII integra o percurso da Noite Branca e temos sempre milhares de visitantes pelo que a grande afluência de visitantes a esta Bienal será nessa altura”, referiu.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.