Correio do Minho

Braga, quinta-feira

‘Ora pro Nortes’ doada por Walter Nu vai ser instalada no Sameiro
Claudemir: “Não temos de provar nada a ninguém”

‘Ora pro Nortes’ doada por Walter Nu vai ser instalada no Sameiro

Famalicão tem Rede de Ensino Pré-Primário que dá resposta a todo o concelho

Braga

2018-08-19 às 12h00

Marlene Cerqueira

Artista plástico Walter Nu doou à Diocese a obra que criou para a I Bienal de Arte Sacra Contemporânea de Braga. Cónego José Paulo Abreu revelou que a peça vai ser instalada no Sameiro.

Doada pelo artista plástico Walter Nu à diocese de Braga, a peça ‘Oras pro Nortes’ vai ficar instalada no Sameiro, espaço mariano que é visitado por mais de um milhão de pessoas por ano.

O documento de doação da obra de arte que integra a I Bienal Internacional de Arte Sacra Contemporânea de Braga foi assinado ontem à tarde, pelo artista plástico brasileiro e pelo cónego José Paulo Abreu, vigário-geral da diocese e director do Museu PIO XII.

“A nossa ideia é colocar esta obra, que representa Nossa Senhora, no Sameiro. Esta é uma peça que exige um espaço amplo para ser apreciada com a dignidade que merece”, referiu José Paulo Abreu, concretizando que a peça vai ser instalada no lago dos Jardins João Paulo II, junto à antiga albergaria.

“Vamos encher outra vez o lago e colocar lá esta imagem de Nossa Senhora. Ficará bem localizada, quer pela evocação mariana, quer pela água que representa a sua ligação à Senhora dos Navegantes”, justificou.
Actualmente a obra ‘Oras pro Nortes’ pode ser apreciada por todos à porta do Museu Pio XII, assumindo-se como” o grande chamariz” para os visitantes da Bienal.

O cónego realça que a opção pelo Sameiro coloca desde já dois desafios que é preciso resolver: a fixação da peça ao chão, pois trata-se de um local onde se sente muito o vento, e também a protecção do próprio material que dá forma à obra de arte.
“O Sameiro tem registado cerca de um milhão de visitantes por ano, por isso esta escultura terá o brilho e a dignidade que merece naquele local”, referiu, agradecendo ao artista esta dádiva à diocese e realçando que o nome de Walter Nu será aqui perpetuado através desta obra.

Já o artista realçou que para ele “é uma honra” participar nesta I Bienal Internacional de Arte Sacra de Braga e também ter oportunidade de concretizar esta doação. Mostrou-se também bastante satisfeito com o local proposto pela diocese para instalar a estátua.

No âmbito da assinatura deste acordo, o cónego José Paulo Abreu revelou que a Bienal já foi visitada por mais de meio milhar de pessoas, no entanto a grande enchente de público é esperada durante a Noite Branca. “O Museu Pio XII integra o percurso da Noite Branca e temos sempre milhares de visitantes pelo que a grande afluência de visitantes a esta Bienal será nessa altura”, referiu.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.