Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Orçamento para 2021 é de continuidade
Associação de apoio a deficientes visuais assinala 25 anos até Dezembro

Orçamento para 2021 é de continuidade

Empresários preocupados com aumento de infectados

Orçamento para 2021  é de continuidade

Vale do Ave

2020-11-26 às 07h30

Redacção Redacção

Município de Vieira do Minho aprovou orçamento que ronda os 17 milhões de euros com as funções sociais a absorver mais de metade do investimento.

A Câmara Municipal de Vieira do Minho aprovou para 2021 um orçamento na ordem dos 17,5 milhões de euros com o qual o executivo se propõe dar continuidade ao trabalho realizado nos últimos sete anos.
O documento aprovado em sede de executivo aposta na coesão social e no bem-estar dos munícipes, na sua valorização e na qualidade dos serviços.
O presidente do Município Vieirense, António Cardoso, está empenhado em “continuar a pautar a sua actuação na construção de um concelho que promova a educação, que crie mais emprego e potencie mais inves- timento, assente numa governação baseada nos princípios da responsabilidade e da transparência” pode ler-se em comunicado.
“A gestão autárquica primará por promover a sustentabilidade económica e o equilíbrio financeiro do Município” indica a mesma fonte municipal.
António Cardoso acredita que “graças à boa gestão financeira dos últimos anos, que se manterá, a execução deste orçamento vai permitir que Vieira do Minho chegue ao final de 2021 com mais justiça social e mais qualidade de vida para os vieirenses”.
Não é, pois, por acaso que, num orçamento de 17 milhões e 570 mil euros, a fatia mais significativa, seja destinada às funções sociais da autarquia, da habitação à recolha e tratamento de resíduos, passando pela acção social, pela educação e pela promoção da cultura e do desporto.
Os documentos aprovados denotam a preocupação do executivo em “concretizar os seus objectivos, no sentido de continuar a afirmar Vieira do Minho num território mais empreendedor, apoiando a agricultura, a floresta, as famílias, os jovens, o turismo e o comércio, estes, em particular, através da dinamização de um conjunto de iniciativas e actividades capazes de atrair turistas ao nosso território” descreve o município.
De acordo com a mesma fonte, o objectivo é “continuar a realizar investimentos, intensificar as parcerias com todas as Juntas de Freguesia e as instituições locais, reduzindo sempre à divida municipal”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho