Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Paredes de Coura fecha as portas e abre um serviço de medicina digital
Na cidade e nas aldeias, pandemia faz renascer os laços de vizinhança

Paredes de Coura fecha as portas e abre um serviço de medicina digital

Vitória SC cria plano de ajuda aos sócios com mais de 70 anos

Paredes de Coura fecha as portas e abre um serviço de medicina digital

Alto Minho

2020-03-23 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Câmara de Paredes de Coura testa serviço de medicina digital criado na Escola de Medicina da Universidade do Minho. Experiência piloto é uma das armas contra a propagação do Covid-19.

“Há uma ideia falsa de que no mundo rural as pessoas estão mais protegidas”, confessa o presidente da Câmara Municipal de Paredes de Coura. A pensar nisso, Vítor Paulo Pereira, depois de ter mandado encerrar as portas dos serviços públicos da autarquia, entre outras medidas de mitigação da propagação do Covid-19, associou-se à Escola de Medicina da Universidade do Minho para disponibilizar à população do concelho a plataforma digital P5.
Disponível em www.p5.pt, permite o esclarecimento de dúvidas de saúde ao nível da prevenção e orientação, podendo servir de pré-triagem à infecção por Covid-19 antes do recurso à linha do SNS24 (808 24 24 24).
O Município courense decidiu aproveitar este projecto de medicina digital, único na União Europeia e que apenas é partilhado por mais dois países, potenciando uma relação já duradoura com a Escola de Medicina da Universidade do Minho.

Vítor Paulo Pereira realça que, nestes primeiros dias de funcionamento, o P5 está “com um tempo de resposta óptima”, esperando o autarca que o número dos seus utilizadores cresça daqui para a frente.
“Registem-se em www.p5.pt. Além do serviço dedicado à triagem de sintomas Covid-19, está disponível um avaliador de sintomas (www.p5.pt/servicos-avaliador-de-sintomas), sem custos, para todos os courenses. Basta entrar, preencher o formulário e seguir as indicações. Desta forma, evitamos sobrecarregar a Linha Saúde 24 e também o nosso Centro de Saúde”, apela a vereadora Maria José Moreira, responsável pelo pelouro da Acção Social.

Do plano de contingência elaborado pela Câmara Municipal para fazer face à pandemia do Covid-19 faz também parte a cedência à Unidade Local de Saúde do Alto Minho e à Unidade de Saúde Familiar de Paredes de Coura de dois equipamentos municipais com 45 camas instaladas para utilização dos profissionais de saúde deslocados ou com necessidade de distanciamento familiar. Caso necessário, as camas podem ser utilizadas para cuidados de saúde.
Com as Juntas de Freguesia, está a ser feito o reporte das situações de idosos e doentes crónicos ou com especial vulnerabilidade e sem retaguarda familiar, que necessitam de apoio no acesso a bens de primeira necessidade, nomeadamente medicamentos, alimentos e água.

O Município disponibiliza gratuitamente refeições às entidades de saúde, bombeiros, forças de segurança, protecção civil ou equivalentes, mediante solicitação prévia.
Em Paredes de Coura, como noutros concelhos, os autarcas tentam gerir a “anormalidade” criada pela infecção do novo coronavírus. Vítor Paulo Pereira defende que tudo é preciso fazer para “evitar uma situação de caos e confusão” já vista noutras paragens. “Temos de quebrar com muito do nosso quotidiano, porque este vai ser um longo caminho”, alerta.
Passado o pico de propagação do Covid-19, será preciso “tratar dos mais desprotegidos” com um programa de apoio social e também “pensar na economia”.
Neste concelho do interior do Alto Minho, as duas maiores fábricas têm a laboração suspensa. Para já, para conter a propagação do Covid-19.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho