Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
“Pintar a Festa” recorda Romaria d’Agonia no Museu de Artes Decorativas
“Mais do que um território, nós somos um Povo”

“Pintar a Festa” recorda Romaria d’Agonia no Museu de Artes Decorativas

Escola de Guimarães com 55 alunos e 20 professores em quarentena

“Pintar a Festa” recorda Romaria d’Agonia no Museu de Artes Decorativas

Alto Minho

2020-08-10 às 15h15

Redacção Redacção

A exposição de pintura reúne quadros de artistas que pintaram a rainha das romarias, reunindo nomes como Claro Fângio, Joaquim Lopes, Alberto de Souza, Carolino Ramos, Araújo Soares, Manuela Pantoja Rojão, António Coelho de Figueiredo, David Lima, Puskas, Rui Pinto, Mário Emílio, Hélder Carvalho, Rego Meira, Isaura Xavier de Campos, Mariana Homem de Melo, Carlos Basto, Juvenal Ramos, Maria Artemisa de Carvalho e ainda Aníbal Alcino.

Até dia 30 de agosto, o Museu de Artes Decorativas promete fazer sentir a Romaria em Honra de Nossa Senhora da Agonia através da exposição de pintura “Pintar a Festa”. A mostra, patente na Galeria Carolino Ramos do museu municipal, apresenta 19 diferentes olhares sobre as festas da cidade.
A exposição de pintura reúne quadros de artistas que pintaram a rainha das romarias, reunindo nomes como Claro Fângio, Joaquim Lopes, Alberto de Souza, Carolino Ramos, Araújo Soares, Manuela Pantoja Rojão, António Coelho de Figueiredo, David Lima, Puskas, Rui Pinto, Mário Emílio, Hélder Carvalho, Rego Meira, Isaura Xavier de Campos, Mariana Homem de Melo, Carlos Basto, Juvenal Ramos, Maria Artemisa de Carvalho e ainda Aníbal Alcino.
Esta mostra apresenta obras da coleção da Câmara Municipal de Viana do Castelo de diferentes artistas, com percursos e soluções estéticas diferentes, unidos pela grande afetividade pela festa e pela cidade, registada na palete de cores quentes que realçam os vários quadros icónicos da Romaria.
Este conjunto de obras é, assim representativo da produção de arte portuguesa contemporânea do período modernista, dos anos 30 do século XX e o início da década de 1990. A exposição inclui cinco pinturas que, na sua altura, foram escolhidas para cartaz oficial da Romaria d’Agonia.
Esta exposição integra as comemorações dos 97 anos de existência do Museu de Artes Decorativa, assinalados este mês. Foi a 17 de agosto de 1923, durante a Romaria d’Agonia, que o mais antigo museu da cidade abriu as portas ao público.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho