Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
PJ deteve mulher suspeita de atear incêndio
Vales de Natal ajudam famílias carenciadas e o comércio local

PJ deteve mulher suspeita de atear incêndio

Famalicão vai manter abertos os serviços municipais essenciais nos dias 30 de novembro e 7 de dezembro

PJ deteve mulher suspeita de atear incêndio

Casos do Dia

2020-08-12 às 06h00

Redacção Redacção

INCÊNDIO ocorreu no concelho de Terras de Bouro em área do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Polícia Judiciária de Braga deteve mulher de 57 anos.

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado a 4 de Agosto na área do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PN-PG), no concelho de Terras de Bouro.
Em comunicado, a PJ refere que o local onde o incêndio teve início é uma zona de “difícil acesso”. “Existiam condições de enorme risco de propagação à vasta mancha florestal envolvente, designadamente derivado a carga combustível do PNPG e pela orografia própria da região, o que se traduz num elevadíssimo perigo concreto para as pessoas, para os bens e para o ambiente, em particular para a área protegida em apreço”, acrescenta aquela fonte.
Segundo a PJ, o incêndio consumiu cerca de dois hectares de vegetação herbácea, mato e arvoredo, “não tendo atingido maiores proporções devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

A PJ refere que a arguida, doméstica, reside na freguesia onde ateou o incêndio, tendo recorrido a um artefacto retardante da ignição. “Foram recolhidos substanciais elementos de prova, que conduziram à detenção”, lê-se ainda no comunicado.
Na operação, a PJ contou com a colaboração do Grupo de Trabalho do Norte de Redução das Ignições Florestais e da GNR.
Presente ontem a tribunal, o juíz determinou que a detida vai aguardar julgamento em prisão domiciliária.
Até serem instalados, na sua habitação, os mecanismos necessários para a prisão domiciliária, com vigilância electrónica, a mulher fica na cadeia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho