Correio do Minho

Braga,

- +
Plataforma SIGA contribui para maior eficiência dos serviços municipais
Fernando Serrão e Vanessa Carvalho vencem Meia Maratona de Esposende

Plataforma SIGA contribui para maior eficiência dos serviços municipais

“A eficiência energética faz parte da nossa agenda ambiental”, diz Domingos Bragança

Plataforma SIGA contribui para maior eficiência dos serviços municipais

Braga

2019-09-19 às 16h30

Redacção Redacção

O SIGA está a funcionar desde o ano passado com as escolas e outras entidades parceiras, estendendo-se agora às Autarquias Locais que vão poder fazer a gestão das refeições escolares e das actividades de animação e apoio à família.

O Município de Braga está a alargar o Sistema Integrado de Gestão e Aprendizagem (SIGA) às Juntas e Uniões de Freguesia do Concelho. Esta é uma plataforma informática que visa agilizar as comunicações entre a Autarquia e os diversos intervenientes da comunidade educativa.
O SIGA está a funcionar desde o ano passado com as escolas e outras entidades parceiras, estendendo-se agora às Autarquias Locais que vão poder fazer a gestão das refeições escolares e das actividades de animação e apoio à família.
“Numa primeira fase implementámos o sistema junto dos coordenadores das escolas e obtivemos excelentes resultados e agora estamos em condições de alargar este tipo de gestão às Juntas de Freguesia”, referiu Lídia Dias, vereadora da Educação, no arranque da formação ministrada aos colaboradores das Freguesias.
Segundo a vereadora, o Município tem vindo a desenvolver um trabalho de fundo para propiciar a melhoria das condições de ensino, a agilização dos processos e o aumento da eficiência e eficácia dos serviços educativos, pelo que este sistema “representa um salto qualitativo na gestão escolar ao permitir uma coordenação sistemática e eficaz e vai exigir mais dos serviços Municipais para dar resposta em tempo útil às solicitações que nos chegam”.
Também António Barroso, do Gabinete de Apoio à Presidência, salientou a importância do SIGA para melhorar a comunicação, agilizar os processos e acelerar a capacidade de resposta às situações. “Esta é mais uma forma de reforçar a colaboração com as Juntas de Freguesia e, sobretudo, tornar este processo ainda mais célere e eficaz”, referiu António Barroso.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.