Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Ponte de Lima surpreende com 32 espectáculos
Guimarães “prepara-se para as mudanças que se adivinham”

Ponte de Lima surpreende com 32 espectáculos

Desemprego desce no mês de Junho

Ponte de Lima surpreende com 32 espectáculos

Alto Minho

2020-07-03 às 12h21

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

‘Ponte de Lima é uma surpresa’ é o programa cultural com que a mais antiga vila portuguesa vai brindar população e turistas. São 32 espectáculos gratuitos, que vão da música ao teatro, passando pela dança e o circo, de 14 de Julho a 14 de Agosto.

Música, teatro, dança e circo. São estas as expressões artísticas que, em 32 espectáculos, prometem surpreender população e turistas, de 14 Julho a 14 de Agosto, na mais antiga vila de Portugal. ‘Ponte de Lima é uma surpresa’ é a designação deste programa cultural, que vai ser concretizado ao ar livre, em frente à entrada principal da Expolima e do Pavilhão de Feiras e Exposições.
‘Ponte de Lima é uma surpresa’ foi apresentado ontem à comunicação social, com Victor Mendes a realçar que “os espectáculos, ao ar livre e com entradas controladas”, vão decorrer “cumprindo toda a legislação em vigor e as orientações da Direcção Geral da Saúde”.

Cada espectáculo poderá ter até 300 pessoas no público. Os ingressos têm de ser previamente levantados no Theatro Diogo Bernardes.
Destaca-se ainda o factor surpresa que dá nome a este programa cultural, uma vez que só quatro ou cinco dias antes é que será divulgado cada espectáculo.
Ontem foram revelados todos os espectáculos, mas apenas divulgadas as datas dos quatro primeiros.
O programa abre, dia 14, às 22 horas, com Rogério Charraz, cantautor que conta já com quatro discos editados em nome próprio e varias colaborações.
No dia seguinte, 15 de Julho, às 22 horas, subirá ao palco a formação Still Life, composta pela italiana Margherita Abita e o violinista limiano João Silva, que mais uma vez é convidado do Município para tocar para os seus conterrâneos.

Nos dias seguintes, 16 e 17, há circo contemporâneo com sessões às 19 e às 22 horas, pela Companhia Erva Daninha, do Porto, que trará a Ponte de Lima dois espectáculos em estreia: ‘Ready’ e ‘Por um fio’.
Ao ‘Correio do Minho’, o presidente da Câmara de Ponte de Lima, destacou a importância deste projecto cultural, estruturado em apenas duas semanas, e que tem um custo na ordem dos 60 mil euros.
O autarca recorda que devido à situação de pandemia foram cancelados todos os eventos susceptíveis de proporcionar a aglomeração de pessoas, nomeadamente festas e romarias. Com o regresso possível à normalidade a para colmatar a falta desses e eventos e também do intenso programa cultural que Ponte de Lima sempre teve, a autarquia aposta assim neste “programa inovador, que permite usufruir gratuitamente de eventos culturais, mas com a garantia de que são cumpridas todas as regras” das autoridades de saúde.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho