Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Porto de mar acolhe centro de investigação tecnológica
Perto de 20 mil pessoas visitaram o Castelo de Montalegre

Porto de mar acolhe centro de investigação tecnológica

Saneamento público em Gondiães, Torneiro e Samão

Porto de mar acolhe centro de investigação tecnológica

Alto Minho

2019-06-26 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Investimento de cerca de 300 mil euros vai ficar instalado junto à Praia Norte e deve ser inaugurado em Julho pela ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, e a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, inauguram em Julho, na Praia Norte, o Port Tech. Trata-se de uma centro ligado “às novas tecnologias e à inovação afecta às áreas portuárias, fruto de uma parceria que estamos a concretizar”, disse José Maria Costa.
Falando à margem do ciclo de workshops’ sobre ‘estratégia Nacional do Mar 2020 - 2030’, que decorreu na Biblioteca Municipal com a presença da ministra do Mar, José Maria Costa mostrou-se esperançoso que o centro seja inaugurado em Julho e não adiantou mais pormenores.
O novo centro significa um investimento de cerca de 300 mil euros e é financiado pela Rede Port Tech Cluster, lançada pelo Governo.

Sobre o ‘workshop’ , o autarca vianense frisou que a “literacia dos oceanos é uma área que temos vindo a trabalhar”. O encontro incluiu a assinatura de um protocolo entre a autarquia vianense e a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), para a prorrogação da concessão do porto de Viana do Castelo por mais 25 anos.
O protocolo vai permitir o desenvolvimento da economia local e nacional. “Temos mais iniciativas empresariais a querem instalar-se e queremos mais empresas a querem fazer novos investimentos. Como o prazo de concessão era curto para o investimento de cerca de 20 milhões de euros, era necessário prorrogar este prazo”, disse José Maria Costa.

O edil vianense mostrou-se disponível para avançar para a descentralização das áreas portuárias. “Aprovamos na última reunião do executivo camarário, esta disposição e vai na sexta-feira à Assembleia Municipal. O que pretendemos fazer é darmos um contributo para uma gestão de maior proximidade e de colaborar para dinamizar áreas portuárias”, frisou José Maria Costa.
A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, revelou que “muito falta fazer” no âmbito da estratégia Nacional do Mar, mas deu o caso de Viana do Castelo como um exemplo a seguir. “Quando queremos procurar bons exemplos, referimos Viana do Castelo. Em Viana do Castelo estão a fazer essa literacia através das escolas, da náutica de recreio, aqui faz-se formação. É um bom projecto piloto”, destacou a governante.

Sobre o protocolo de prorrogação do prazo de concessão do porto de mar vianense, Ana Paula Vitorino, realçou que vai permitir uma maior competitividade da estrutura.
“Estamos a fazer um investimento de 45 milhões de euros, no total, no porto de Viana do Castelo. Isto serve para robustecer a economia da região numa perspectiva de exportação. Para isso temos de criar condições para que as indústrias se possam fixar e desenvolver. Este protocolo vai permitir reforçar a dimensão empresarial ligada ao porto, para justificar as novas oportunidades que estão a ser criadas”, aludiu a ministra.
A governante fez saber que a descentralização da administração portuária e um dos desígnios do Governo de António Costa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.