Correio do Minho

Braga,

- +
Programa de Fruta Escolar nas escolas de Guimarães do ensino básico e pré-escolar
Onze metros para se quebrar jejum

Programa de Fruta Escolar nas escolas de Guimarães do ensino básico e pré-escolar

UMinho descobre novo método para armazenar energia

Programa de Fruta Escolar nas escolas de Guimarães do ensino básico e pré-escolar

Vale do Ave

2021-04-16 às 18h00

Redacção Redacção

Guimarães incentiva ao consumo de fruta na população escolar desde que aderiu ao programa Europeu.

O Programa de Fruta Escolar engloba as crianças do primeiro ciclo e pré-escolar, no concelho de Guimarães, e criar hábitos de alimentação saudável nas crianças e incentivar ao consumo de fruta é um dos seus objectivos.

O Regime Escolar prevê a distribuição gratuita de fruta e produtos hortícolas, duas vezes por semana, a todos os alunos do 1º ciclo.

No entanto, consciente da importância desta medida para a saúde de todas as crianças, a Câmara Municipal de Guimarães alargou, desde o no ano lectivo 2014/2015, esta distribuição à educação pré-escolar, comportando esse custo, procurando desta forma, aumentar o número de crianças a beneficiar da inclusão destes alimentos, numa perspetiva de promoção de hábitos de consumo de produtos benéficos para a saúde, de reforço das práticas alimentares saudáveis e de combate à obesidade infantil.

Desde o ano 2017, o Município de Guimarães passou ainda a fornecer lanche às crianças inscritas nas actividades de animação e apoio à família em todos os jardins de infância da Rede Pública e alargou a oferta alimentar, que passou a integrar ainda pequeno almoço e reforço alimentar da tarde, aos alunos inscritos na componente de apoio à família no 1º ciclo em todas as escolas.

Esta medida vai ao encontro do manual para lanches saudáveis, lançado recentemente pela Direção-Geral de Saúde.

No presente ano, a oferta alimentar passou a integrar um reforço alimentar da manhã, em substituição do pequeno almoço anteriormente fornecido, sendo este disponibilizado às crianças e alunos, independentemente da frequência da componente de apoio à família, num investimento superior a 1,2 milhões de euros assumido pelo Município.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho