Correio do Minho

Braga, sábado

Programa ‘Ponte de Lima ConVida’ encerra com balanço positivo
Peregrinas de Leste percorrem Caminho de Santiago

Programa ‘Ponte de Lima ConVida’ encerra com balanço positivo

Escola EB 1 de Gualtar está renovada e vai ficar ainda melhor

Alto Minho

2018-08-31 às 16h43

Miguel Viana

Feiras Novas são a última iniciativa do programa que chamou a Ponte de Lima milhares de visitantes e turistas. Iniciativas deram a conhecer as potencialidades do concelho.

Está prestes a chegar ao fim a edição deste ano do programa ‘Ponte de Lima ConVida’. O programa encerra com a realização das Feiras Novas, entre os dias 5 e 10 de Setembro.
O balanço foi considerado positivo pelo presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Víctor Mendes.
“É um balanço amplamente positivo. As feiras foram muito concorridas, quer do ponto de vista dos expositores, quer daqueles que visitaram essas feiras. O programa cumpriu os seus objectivos na íntegra daquilo que é a promoção das empresas , dos produtos e daquilo que é a promoção do nosso território”, afirmou o edil limiano.

Victor Mendes realçou também que o programa, composto por várias actividades, constituiu uma “alavanca fundamental para a dinamização da nossa economia, porque foi uma oportunidade para trazer mais gente a Ponte de Lima, o que permitiu animar a nossa restauração e o nosso comércio tradicional e o nosso alojamento”.
O sucesso da iniciativa faz com que se mantenha num futuro próximo. “É um projecto que irá ter continuidade nos próximos anos, sempre com ajustamentos daquilo que achamos que deve ser alterado. É preciso ter a noção de que é necessário criar novas dinâmicas, que se adaptem às alterações de ano para ano, exactamente para que as feiras não estagnem e, acima de tudo, que cumpram a sua função, com mais criatividade, com mais inovação, o que é importante para a dinâmica do concelho de Ponte de Lima”, concluiu Víctor Mendes. O’Ponte de Lima ConVida tem como principal função promover as potencialidades e actividades económicas do concelho, através da realização de enventos nas àreas a gastronomia, o enoturismo, o património histórico e paisagístico, os desportos de natureza, náuticos e equestres.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.