Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
PS elege nove e Isabel Carvalhais pode entrar no Parlamento Europeu
Escuteiros devem servir seguindo o exemplo da Rainha Santa Isabel

PS elege nove e Isabel Carvalhais pode entrar no Parlamento Europeu

É preciso criar líderes com valores

PS elege nove e Isabel Carvalhais pode entrar no Parlamento Europeu

Nacional

2019-05-28 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Socialistas confirmam eleição de nove eurodeputados. Isabel Estrada Carvalhais, professora da Universidade do Minho, ainda poderá fazer mandato em Estrasburgo.

O Partido Socialista conseguiu nove mandatos no Parlamento Europeu nas eleições do passado domingo, garantindo o PSD seis eleitos. Numa altura em que ainda faltava fechar o apuramento de votos em alguns consulados portugueses no estrangeiro, o Bloco de Esquerda confirmou a eleição de dois eurodeputados, tantos quanto a CDU. CDS/PP e PAN ficam com um mandato cada no novo hemiciclo de Estrasburgo.
Com esta distribuição dos 21 assentos que Portugal dispõe no Parlamento Europeu no mandato 2019-2024, a professora e investigadora da Universidade do Minho, Isabel Estrada Carvalhais, poderá vir a assumir a função de eurodeputada, caso Pedro Marques, o cabeça de lista do PS, venha a assumir funções de comissário europeu.

Os dirigentes socialistas apostam em obter o lugar de comissão com a pasta dos fundos estruturais no próximo executivo comunitárioEuropeia, lugar ao qual candidatam Pedro Marques
Esta hipótese voltou a ser sugerida pelo secretário-geral do PS, António Costa, na noite de domingo, o que, a confirmar-se, abriria as portas do Parlamento Europeu a Isabel Carvalhais, número 10 da lista socialista.
A região minhota poderá assim ficar com três ‘representantes’ em Estrasburgo, já que José Manuel Fernandes (PSD) e Nuno Melo (CDS-PP) foram reeleitos nas eleições de domingo.

Maioria quer integração europeia
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, elogiou ontem os resultados das eleições europeias, referindo que os mesmos mostraram que a grande maioria dos eleitores é a favor da integração europeia.
“Os resultados das eleições europeias mostraram, mais uma vez, que a vasta maioria [dos eleitores] é a favor da integração europeia e votou em partidos pró-europeus”, afirmou Santos Silva, depois de um encontro com o seu homólogo holandês. “Foi um bom resultado”, sublinhou.

O resultado das eleições europeias foi um dos assuntos debatidos entre os dois responsáveis pelas pastas dos Negócios Estrangeiros, que também falaram sobre a agenda europeia para questões como o quadro financeiro multianual, o ‘Brexit’ e as alterações climáticas. “Tivemos uma discussão muito frutífera”, garantiu o ministro português dos Negócios Estrangeiros, sublinhando que os dois países têm “uma relação muito próxima e de afinidade”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.