Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Póvoa de Lanhoso implementa projeto CULTURA.IN
Envelhecimento saudável foi destaque no II Congresso da Santa Casa de Braga

Póvoa de Lanhoso implementa projeto CULTURA.IN

Professores debateram o aluno como agente da diversificação

Póvoa de Lanhoso implementa projeto CULTURA.IN

Cávado

2021-09-27 às 15h15

Redacção Redacção

O projeto CULTURA.IN vai além das intervenções tradicionais, complementando a sua ação ao chamar os grupos?alvo a envolver?se, a participar ativamente, a desenvolver individual e conjuntamente as dimensões do Saber?Ser, do Saber?Fazer e do Saber?Saber.

A Autarquia da Póvoa de Lanhoso encontra-se a implementar o projeto CULTURA.IN, aprovado no âmbito do Programa Operacional Regional NORTE 2020.

Este projeto pressupõe a mobilização e inspiração das pessoas participantes, tendo como ponto de partida uma figura identitária comum, a Maria da Fonte, que encerra em si características de força, determinação, luta, perseverança, espírito crítico e cidadania, numa construção partilhada.

Pressupõe ainda contextos de experimentação de práticas, através das diferentes oficinas de aprendizagem e de preparação, que serão a base para a concretização de uma curta?metragem.

O projeto CULTURA.IN vai além das intervenções tradicionais, complementando a sua ação ao chamar os grupos?alvo a envolver?se, a participar ativamente, a desenvolver individual e conjuntamente as dimensões do Saber?Ser, do Saber?Fazer e do Saber?Saber.

Os objetivos gerais desta operação são: contribuir para o desenvolvimento de competências pessoais, sociais, artísticas e culturais fomentando uma cidadania mais ativa, reflexiva, interventiva e promotora de um sentimento de pertença; realizar atividades culturais com o objetivo de proporcionar experiências positivas que permitam fortalecer, nos e nas participantes, a autoestima, para além da possibilidade de estimular uma imagem positiva de si mesmos/as (autoconceito); realizar atividades artístico?culturais por forma a trabalhar as diferenças para, assim, poder reduzir as desigualdades e promover a inclusão; garantir às pessoas participantes a oportunidade de utilizar o seu potencial criativo, artístico e intelectual ao máximo, desenvolvendo as suas soft skills, não só para enriquecimento do projeto, mas também como competências a usar no seu futuro pessoal, formativo e profissional; e abordar múltiplas experiências, em contextos diversos, criando espaços de expressão artística multidimensional, gerando diferentes produtos, de acordo com as competências e apetências de cada participante.

Como referido, o produto final será uma curta?metragem, retratando a figura histórica identitária da Maria da Fonte.

Este projeto tem associado um investimento total de 76.828,46€€ e conta com um apoio do FSE de 65.304,04 €, que corresponde a uma taxa de comparticipação de 85% do valor do investimento elegível.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho