Correio do Minho

Braga,

- +
Recolhidas 32 toneladas em lixeiras clandestinas
Associação Empresarial do Vale do Homem entregam vouchers de compras

Recolhidas 32 toneladas em lixeiras clandestinas

UMinho descobre novo método para armazenar energia

Recolhidas 32 toneladas em lixeiras clandestinas

Vale do Ave

2021-04-13 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Autarquia apela ao sentido cívico da população. Última operação contra deposição ilegal de lixos decorreu em S. Nicolau e Bucos.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto recolheu 32 toneladas de resíduos diversos em lixeiras clandestinas nas freguesias de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) e Bucos.
Depois de operações idênticas nas freguesias de Arco de Baúlhe e Vila Nune, os serviços do Município desenvolveram trabalho de limpeza em S. Nicolau e Bucos que possibilitaram a recolha de resíduos de múltiplas características e dimensões, incluindo monos, resíduos de construção entre outro. Em S. Nicolau foram recolhidas 25 toneladas em Bucos sete toneladas.
Desde o início do ano, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto recolheu já um total de 54 toneladas destes resíduos abando-nados.
A última acção foi planeada e coordenada pelos serviços municipais da Divisão de Ambiente e Salubridade com o objectivo de intervir nos locais mais afectados pela deposição clandestina de resíduos de grandes dimensões, o que permitiu a limpeza daqueles espaços, asseguran- do-se, desta forma, a melhoria da qualidade ambiental e paisagística.
O Município alerta que, de acordo com a legislação em vigor, é proibida a deposição de lixo nos locais não licenciados para o efeito, constituindo uma contraordenação ambiental muito grave sujeita a coima entre os 20 000 e os 37 500 euros se praticado por pessoas singulares e a uma coima entre os 38 500 euros e os 2,5 milhões de euros se praticado por pessoas colectivas.
O Município recorda em comunicado que possui “um serviço gratuito de recolha de monos, bastando que os interessados o solicitem junto do Serviço de Atendimento Único”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho