Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira aprovada
Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva conta ‘histórias aqui e ali’

Requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira aprovada

Metade dos alunos do D. Diogo obteve 20 valores no exame nacional de Matemática

Requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira aprovada

As Nossas Escolas

2020-05-07 às 14h44

Redacção Redacção

Autoridade de Gestão do Programa Norte 2020 aprovou a candidatura para financiar a 2.ª fase da requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira.

Autoridade de Gestão do Programa Norte 2020 aprovou a candidatura para financiar a 2.ª fase da requalificação da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira.
Através de uma reprogramação do quadro comunitário, a empreitada orçamentada em 2.3ME conta com um financiamento do FEDER (1.2ME) e do Ministério de Educação (105.882,36E), cabendo ao município cerveirense investir cerca de 1 ME. Autarquia vai proceder à abertura de um concurso público prevendo que os trabalhos avancem até ao final do ano.

Ao longo dos seus 25 anos de existência, o actual edifício não sofreu qualquer tipo de intervenção, pelo que já não dispunha das condições necessárias e adequadas às exigências e expectativas de um serviço educativo moderno. Para fazer face a alguns problemas imediatos de segurança e de comodidade, a Câmara Municipal concretizou, em 2018, a 1ª fase das obras de requalificação e modernização da Escola Básica e Secundária de Vila Nova de Cerveira.

A 2.ª fase de requalificação agora aprovada visa a construção de raiz de um edifício designado como Centro de Recursos composto por biblioteca/auditório para capacidade para 119 lugares sentados, a construção de um edifício de apoio ao ensino articulado de música, a ampliação do espaço de refeitório, a cobertura dos corredores de circulação e dos espaços de recreio exteriores, o reforço das condições de segurança e de acessibilidades, bem como a adaptação à eficiência energética.
O presidente da Câmara Municipal sublinha a concretização de “uma aspiração transversal ao executivo municipal, comunidade escolar e população em geral em prol da criação de condições efetivas para uma melhor aprendizagem e formação dos nossos jovens”. Fernando Nogueira lembra que o processo foi um pouco mais demorado, “por forma a reunir consensos fundamentais de uma intervenção de grande envergadura”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho