Correio do Minho

Braga,

- +
Respeito a cem por cento e medo a zero por cento
Câmara de Guimarães assegura refeições de alunos carenciados

Respeito a cem por cento e medo a zero por cento

Esposende lança um conjunto de medidas com efeitos imediatos

Respeito a cem por cento e medo a zero por cento

Desporto

2020-12-03 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Carlos Carvalhal garante uma equipa na máxima força, plena de capacidades para carimbar o apuramento para a próxima fase.

Será um SC Braga no máximo das suas capacidades, aquele que via hoje entrar em campo para garantir, já, o apuramento para a próxima fase.
“Não tememos nada, respeitamos, sim, o adversário, é uma equipa boa, tem um bom treinador, uma boa organização, e está a lutar fortemente pelo título esta época. Não esperamos facilidades. Sabemos das dificuldades que criou ao Leicester em casa e o último resultado com o Zorya é muito enganador, já que golearam o Zorya fora [4-1]. Temos 100 por cento de respeito, zero por cento de medo”, assinalou o treinador dos minhotos, que acrescentou que, se o SC Braga foi “para a Trofa com tudo, no máximo das capacidades, num jogo da Taça, contra uma equipa da III Divisão e tivemos dificuldades em ganhar, contra o AEK temos que ir a top, de outra forma não faz sentido”.
O homólogo do AEK, Massimo Carrera, admitiu alguma gestão do plantel, espreitando a possibilidade de faezr algumas poupanças para este jogo (ver página 16), uma vez que, à imagem do SC Braga, está na luta pelo título na Grécia e tem um jogo importante no domingo. Carvalhal não abriu o jogo, mas garantiu que, independentemente de uma ou outra troca que se verifique nas equipas, elas continuarão a ser competitivas.
“Tenho dois jogadores por posição, todos com a mesma competência, nunca meto a segunda equipa, mas os jogadores do Braga a jogar. A gestão que tem que ser feita num ciclo destes, nossa, do AEK, do Benfica, FC Porto, etc., é um imperativo, mas as equipas, em todos os jogos, apresentam-se na máxima força para jogar, uma máxima força relativa: naquele jogo, aqueles jogadores são os que os treinadores entendem serem os melhores para vencerem, é isso que acredito que o AEK vai fazer e eu também”, rematou o técnico arsenalista.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho