Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Ricardo Rio é mandatário da candidatura de Paulo Rangel
Hospital de Braga “troca por miúdos” a Oftalmologia Pediátrica

Ricardo Rio é mandatário da candidatura de Paulo Rangel

Rafael Leão: “Espanha é grande equipa, mas nós também somos”

Ricardo Rio é mandatário da candidatura de Paulo Rangel

Nacional

2021-11-09 às 14h14

Redacção Redacção

Presidente da Câmara de Braga lidera movimento de autarcas do distrito no apoio a Paulo Rangel para presidente do PSD.

Citação

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, é o mandatário distrital da candidatura de Paulo Rangel à liderança nacional do PSD, encabeçando um vasto movimento de autarcas da região no apoio ao eurodeputado.

Os presidentes dos municípios de Amares, Celorico de Basto, Esposende, Famalicão, Terras de Bouro, Vieira do Minho e Vila Verde estão também assumidamente ao lado de Paulo Rangel na disputa eleitoral no Partido Social Democrata, que está agendada para o próximo dia 27.

“Paulo Rangel representa a solução congregadora e galvanizadora que o PSD e, sobretudo, Portugal precisam num momento particularmente difícil e que é decisivo para o futuro do país e com impacto determinante para todas as gerações”, defende Ricardo Rio.

O autarca bracarense e presidente da Assembleia Distrital do PSD aponta Paulo Rangel como “um líder desprendido, forte, reconhecido pela visão estratégica e sem medo na construção de novos caminhos que se impõem na construção de um rumo de progresso sustentado e justiça social, para a afirmação de Portugal no contexto de um mundo cada vez mais competitivo e comprometido com os novos desafios globais”.

Juntamente com os colegas autarcas Manuel Moreira, Peixoto Lima, Benjamim Pereira, Mário Passos, Manuel Tibo, António Cardoso e Júlia Fernandes, o presidente do Município de Braga salienta a importância das eleições no PSD para “legitimar e reforçar” o candidato a primeiro-ministro e as propostas do partido, face ao momento especial que Portugal atravessa.

“É de absoluta urgência que Portugal reverta um ciclo de crises sucessivas, umas de âmbito global e outras a nível nacional, agravado pelo impasse governativo em que o PS e António Costa colocaram o País, provocando a dissolução da Assembleia da República e a convocação extraordinária de novas eleições legislativas”, sustenta o mandatário de Paulo Rangel.

Contra os muros construídos pela assumida radicalização do PS, Ricardo Rio contrapõe com as referências de competência de Paulo Rangel, enquanto “líder congregador e aberto, capaz de gerar consensos e congregar vontades, coerente na definição de estratégias e compromissos”.

Salienta ainda o reconhecimento de Rangel pelas “vitórias e conquistas a favor de Portugal ao nível da diplomacia europeia”.

O autarca bracarense atribui particular ênfase ao facto de Paulo Rangel enraizar a sua candidatura no debate e na apresentação de propostas para Portugal, destacando o princípio da mobilidade social, enquanto fator de valorização e justiça social, e os objetivos da coesão territorial e da competitividade e sustentabilidade para o desenvolvimento e crescimento económico.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho