Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Ricardo Soares: “Para nós é, certamente, uma final"
Famalicão chama jovens músicos para estágio em orquestra

Ricardo Soares: “Para nós é, certamente, uma final"

Nasceram 1329 bebés no primeiro trimestre

Ricardo Soares: “Para nós é, certamente, uma final´

Desporto

2021-03-05 às 06h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

Gil Vicente recebe, amanhã, o FC Porto, num duelo da 22.ª jornada da que Ricardo Soares encara como uma final. Técnico garante ambição para conquistarem pontos e deixarem a cauda da tabela.

Vai ser assim até ao fim do campeonato: cada jogo vai ser encarado como uma final para o Gil Vicente. Sedenta de pontos - na cauda da tabela classificativa a apenas um de distância dos dois últimos classificados, Marítimo e Boavista - a equipa gilista vai entrar em campo, amanhã, frente ao FC Porto (18 horas), em jogo da 22.ª jornada da I Liga, com ambição de conquistar pontos.
“Para nós é, certamente, uma final, cada jogo tem de ser o mais importante da nossa vida, porque nós necessitamos de pontos para atingirmos o nosso objectivo. Temos de encarar todos os jogos até ao final desta forma”, frisou Ricardo Soares, assumindo uma “vontade enorme de ir a jogo”, mesmo sabendo que será “complicado”.
“É com uma equipa com muita qualidade, que luta por objectivos diferentes dos nossos, mas nós temos como ambição conquistar pontos, porque são extremamente importantes para a nossa caminhada”, acrescentou o técnico gilista, elogiando o adversário.

“O FC Porto vai apresentar-se aqui com os melhores jogadores, com os mais competentes para tentar levar de vencida o Gil Vicente. Sabemos que o FC Porto é uma equipa muito agressiva na reacção à perda de bola, que tem muita vertigem, ataca muito bem a profundidade e tem dois laterais que passam para atacar com mais gentes”, explicou, destacando Taremi, que diz ser “um finalizador nato e muito eficaz” e Sérgio Oliveira, “um pensador que sabe colocar a equipa nos vários ritmos de jogos”.
Os dragões jogam em Barcelos depois de terem sido eliminados da Taça de Portugal, pelo SC Braga, desaire que Ricardo Soares não consegue avaliar se é vantagem ou desvantagem na perspectiva da reacção da equipa de Sérgio Conceição.

“A derrota é do FC Porto, não é do Gil Vicente, tem que ser analisada pelo FC Porto. Não podemos medir com exactidão o que vai acontecer. Sabemos é que é um jogo difícil e estamos preparados para ele, perante uma equipa com qualidade que, mesmo nesses momentos, consegue sempre arranjar uma motivação extra para dar a volta à situação. Mas o mais importante é o nosso processo, a nossa qualidade e coragem de ir a jogo com ambição de conquistar pontos e pôr o FC Porto numa zona que não seja confortável para eles. Que possamos fazer um jogo assertivo com poucos erros e que sejamos, extremamente, eficazes no ataque”, rematou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho