Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
‘Rio’ de gente na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade para um Passeio Literário pela ‘mão’ do Centro de Teatro
Primeiro tempo de Guerreiro para confirmar o triunfo

‘Rio’ de gente na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade para um Passeio Literário pela ‘mão’ do Centro de Teatro

Sameiro vai ter mapa e guia turístico no início de 2020

‘Rio’ de gente na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade para um Passeio Literário pela ‘mão’ do Centro de Teatro

Vale do Ave

2019-07-19 às 18h18

Redacção Redacção

Este Passeio Lieterário traduziu-se em mais uma brilhante encenação teatral, desta feita com a participação especial da Associação Vilela com Vida, Amigos da Galhofa e Sérgio Oliveira.

Centenas de pessoas assistiram ontem à noite, 18 de julho, na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade, ao Passeio Literário conduzido pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Basto. ‘Ó Diabo! O Rapaz que lhe tirou o coiso de ser bruxa’ foi o espetáculo cómico levado à cena, inspirado nas histórias e crendices populares dos mais antigos sobre os seres mais misteriosos da nossa imaginação: as bruxas.

“Nada como o amor. Tão cheio de surpresas… Quando tudo parece bem, afinal não está! O Quim gosta da Rosa. A Rosa é Bruxa. As Bruxas são prometidas ao Diabo. E agora, Quim? Esta história acaba assim?” lê-se na sinopse. Mas Não! Esta história não acabou assim porque o Quim enfrentou o Diabo! O amor venceu e a Rosa livrou-se de ser bruxa.

Este Passeio Lieterário traduziu-se em mais uma brilhante encenação teatral, desta feita com a participação especial da Associação Vilela com Vida, Amigos da Galhofa e Sérgio Oliveira.

Organizado pela Câmara Municipal, o evento foi produzido pelo Centro de Teatro com o apoio da Associação Encanto Radical.

Participaram neste Passeio Literário o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, a vereadora da Cultura, Dra. Carla Lousada, os presidentes das Juntas de Freguesia de Refojos, Outeiro e Painzela e também de Abadim, respetivamente, Leandro Campos e Fernando Basto, entre outros convidados e população em geral.

Uma vez mais, o numeroso público que participou neste evento demonstra bem o interesse dos Cabeceirenses por este projeto cultural que valoriza o teatro de comunidade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.