Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Rio exige inclusão de projectos estratégicos para Braga no PRR
Victor Hugo Salgado é recandidato à câmara, mas pelo Partido Socialista

Rio exige inclusão de projectos estratégicos para Braga no PRR

Cerveira: Caraterísticas e curiosidades d' "A Perca-Sol" divulgadas online

Rio exige inclusão de projectos estratégicos para Braga no PRR

Braga

2021-03-04 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Numa carta dirigida ao Governo, Ricardo Rio exige afectação “mais equilibrada” dos recursos e a inclusão de projectos estratégicos para Braga no PRR, entre eles o BRT.

Numa carta endereçada ao Governo, o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, reivindica a reformulação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e exige que contemple projectos estruturantes para o concelho de Braga, como o BRT - Bus Rapid Transit.
Depois de na última reunião de câmara ter já criticado publicamente o PRR — documento que está em consulta pública — classificando-o como “excessivamente centralista” por canalizar os principais investimentos para as áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto, Ricardo Rio volta agora a pronunciar-se sobre a mesma temática numa carta dirigida ao primeiro-ministro, António Costa, ao ministro do Ambiente e Transição Climática, João Matos Fernandes, e ao ministro do Planeamento, Nelson Souza.
A missa acaba por transcrever aqueles que são os principais contributos e reivindicações já tornados públicos pela Comunidade Intermunicipal do Cávado (CIM Cávado), a que Rio também preside.
Assim, o autarca começa por criticar o processo de consulta pública que antecedeu à divulgação da proposta de PRR, apontando a “falta de auscultação dos agentes do território, a subvalorização das verbas a alocar à região Norte, a concentração de recursos nas áreas metropolitanas e a omissão de projectos capazes de melhor concretizar as diversas dimensões do PRR no território, em linha com as prioridades da União Europeia”.
Ricardo Rio considera que o PRR se revelou “uma fonte de desilusão” pelo “parco estímulo à competitividade e à capacitação do tecido empresarial” e aponta ainda o “flagrante esquecimento” das áreas da cultura e do desporto enquanto motores de desenvolvimento do território e promoção da coesão social.
O autarca que preside à terceira cidade do país manifesta ainda o desejo de que o Governo reformule o PRR, “garantindo esse processo uma afectação mais equilibrada e harmoniosa dos recursos disponíveis que vá ao encontro das aspirações dos territórios, alinhando os projectos com as metas que se pretendem atingir”.
No dia 22 de Fevereiro, no decorrer da reunião do executivo, o edil tinha já apontado a desilusão por o PRR não contemplar a implementação do projecto do BRT na cidade de Braga, projecto que “elevará Braga para patamar superior de sustentabilidade e qualidade de vida”, sustenta.
O BRT é elencado na carta que agora dirigida ao Governo como uma das prioridades identificadas pelo Executivo Municipal de Braga, prioridades “que devem estar abrangidas pelo PRR, nas quais se incluem “projectos estruturantes para a cidade e toda a região que, a serem concretizados, funcionarão como alavancas importantes da competitividade dos territórios e da sua recuperação perante a crise pandémica, sendo exequíveis de concretizar num horizonte temporal relativamente curto”.
No caso concreto do BRT, Rio recorda que o Município de Braga e os TUB apresentam “capacidade técnica, know-how e maturidade para assegurar a futura gestão deste projecto”.
A implementação do BRT tem um custo estimado de 150 milhões de euros, que incluem os estudos e fiscalização, as obras de inserção urbana, veículos, sistemas de bilhética e centro de controlo. “Elevando a cidade para um patamar superior de sustentabilidade e qualidade de vida, é um projecto essencial para o esforço colectivo de alcançar as metas europeias para a neutralidade carbónica”, considera o autarca.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho