Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Santo António de Vila Verde: “A festa do povo para o povo”
Infortúnio de Tita desatou o nó entre Cabreiros e Vilaverdense

Santo António de Vila Verde: “A festa do povo para o povo”

Bienal da Ilustração abre portas à internacionalização do Braga em Risco

Santo António de Vila Verde: “A festa do povo para o povo”

Cávado

2019-05-23 às 06h00

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

É a história que se reescreve todos anos por volta de meados de Junho. Em pleno coração do Minho, de 12 a 16 de Junho, a tradição cumpre-se novamente por terras vilaverdenses.

As marchas populares na tarde do feriado concelhio (13 de Junho) e recuperação de um torneio de futebol 7, no escalão de infantis, que será disputado por oito equipas do concelho são as novidades das Festas de Santo de Vila Verde apresentadas ontem, em conferência de imprensa, pelo presidente da câmara de Vila Verde, António Vilela, e a vereadora da Cultura e Educação, Júlia Fernandes.
“Estas festividades servem de âncoras de valorização, desenvolvimento e crescimento do território”, afirmou António Vilela na apresentação das Festas de Santo António de Vila Verde que decorreu na câmara municipal.
Júlia Fernandes destacou que “esta é uma festa do povo para o povo” que conta com “o envolvimento de várias associações e instituições do concelho”.

António Vilela deu ainda nota que, este ano, as festas concelhias de Santo António decorrem no meio de outras duas celebrações em honra do mesmo santo: Mixões da Serra, com benção dos animais no dia 9 de Junho, e Revenda.
Durante cinco dias, as Festas Antoninas em honra do Santo casamenteiro, mobilizam todo o concelho e atraem milhares de turistas.
Na programação religiosa, destaque também para a imponente procissão em honra de Santo António.
As marchas, as rusgas, os festivais de folclore e tantas outras iniciativas que compõem o diversificado certame enriquecem o programa.
O Festival da ‘Febra’ come-se a saborosa febra e a sardinha assada, o típico caldo verde e bom viver da região, carregando energias para dançar pela noite dentro no After Party.

Cartaz para todos os gostos

A actuação da Academia de Vila Verde é a protagonista da noite do feriado concelhio (13 de Junho). Este momento conta com a habitual participação do cantor vilaverdense, Miguel Oliveira, e dos Trovar D´Alma.
Este ano o concerto conta com a presença especial da reconhecida fadista portuguesa Cuca Roseta que é uma das atracções do programa festivo.
No dia seguinte (14) é vez do cantor Toy subir ao palco e promete pôr o público a dançar e a cantar “toda a noite” e dos Roconorte.

A encerrar as Festas de Santo António de Vila Verde, os Calema, dupla que neste momento soma mais de 100 milhões de visualizações na plataforma youtube.
Com mais de uma centena de concertos, no ano passado, em doze países, os irmãos António e Fradique Ferreira são uma das grandes apostas do panorama musical português actual.
Júlia Fernandes, vereadora da Cultura e Educação na Câmara Muncipal de Vila Verde, destaca o programa “rico e diversificado que vai ao encontro de todos os gostos”, realçando que “estão reunidas todas as condições para umas grandes festas concelhias”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.