Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
SC Braga: Depois do calvário é hora de voltar às lides europeias
Um cabaz que transborda amor e muita esperança

SC Braga: Depois do calvário é hora de voltar às lides europeias

Fãs de jogos de tabuleiro aprendem a jogar ‘online’

SC Braga: Depois do calvário é hora  de voltar às lides europeias

Desporto

2020-02-19 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Raúl Silva voltará amanhã a jogar na Liga Europa, um ano e meio depois de se ter lesionado nessa competição, contrariedade que o obrigou a uma longa paragem da qual só agora se está a recompor.

Um ano, seis meses e quatro dias depois, Raúl Silva vai poder voltar a experimentar a sensação de jogar uma noite europeia ao serviço do SC Braga. O início da temporada passada, mais concretamente na segunda mão da 3.ª pré-eliminatória frente aos ucranianos do Zorya, que o SC Braga empatou 2-2, para além de ser de desilusão para os bracarenses (acabaram eliminados) foi de muita angústia para Raúl Silva, que iniciou aí um calvário do qual só recentemente se reabilitou completamente.

Essa lesão grave ocorreu no dia 16 de Agosto de 2018 e só três meses depois (em Novembro) o central de 30 anos voltaria a jogar. O problema é que em Março de 2019 o azar voltou a bater à porta e Raúl Silva passou aí um longo suplício até recuperar definitivamente... em Dezembro, quase nove meses depois.

O regresso, aos poucos, à competição, deu-se pela porta da equipa de Sub-23, ao serviço da qual realizou três jogos, tendo inclusive marcado um golo num deles (frente ao Famalicão).
Entretanto, Rúben Amorim assumiu a equipa principal e desde logo não abdicou da experiência e da total recuperação de Raúl Silva para o lançar num onze e, acima de tudo, num sistema inovador que tem dado cartas, com os (excelentes) resultados que se conhecem.

Desde o jogo com o Belenenses SAD, só em dois duelos (frente a Sporting e Gil Vicente, para a I Liga) é que Rúben Amorim não utilizou o defesa-central brasileiro, por limitações físicas.
Assim, amanhã à noite, no Ibrox Stadium, a casa do Rangers, Raúl Silva deverá jogar com Wallace e Bruno Viana, reeditando a ‘tripla’ que jogou junta em Moreira de Cónegos, na 18.ª jornada da I Liga, que os Guerreiros venceram por 2-1.

O regresso de Bruno Viana, de resto (não defrontou o Benfica por ter sido expulso com o Gil Vicente), levará Amorim a apresentar a terceira tripla de ‘centrais’ diferente nos últimos três jogos, contando já com o de amanhã.
A alternativa aos três será David Carmo (que deverá ficar no banco) - Bruno Wilson não está inscrito e Tormena lesionou-se.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho