Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Serviço de Endocrinologia do Hospital de Braga e as consultas de Diabetes em época de pandemia
João Henriques quer vencer a “jogar bem”

Serviço de Endocrinologia do Hospital de Braga e as consultas de Diabetes em época de pandemia

IPCA distinguido com medalha municipal de Grau Ouro

Serviço de Endocrinologia do Hospital de Braga e as consultas de Diabetes em época de pandemia

Braga

2020-11-14 às 18h11

Redacção Redacção

O Serviço de Endocrinologia do Hospital de Braga realizou, entre janeiro e outubro de 2020, cerca de 13.000 consultas de várias patologias, incluindo de Diabetes.

No contexto atual da pandemia a Diabetes assumiu um papel de relevo por se tratar de uma doença de alto risco para os doentes com a infeção. É fundamental manter o acompanhamento e seguimento dos doentes para obter o melhor controlo da doença com o objetivo de se evitarem os riscos das complicações e internamentos. Em Portugal existem cerca de um milhão de diabéticos.

O Serviço de Endocrinologia do Hospital de Braga realizou, entre janeiro e outubro de 2020, cerca de 13.000 consultas de várias patologias, incluindo de Diabetes.

Nesta ótica, o Serviço de Endocrinologia reorganizou-se internamente para conseguir dar a melhor resposta a todos os doentes seguidos no serviço, quer através de consulta presencial, quer através de teleconsulta de forma a manter o acompanhamento dos doentes sem necessidade destes se deslocarem ao hospital.

O Serviço acompanha os doentes com diabetes tipo 1 durante toda a vida e trabalha em rede com os cuidados de saúde primários na vigilância e tratamento dos diabéticos tipo 2 que constituem cerca de 80% de toda a população de diabéticos. Avalia também as diabéticas grávidas e as grávidas que desenvolveram diabetes durante a gravidez (diabetes gestacional).

Apesar da reorganização a que a COVID-19 obrigou, a atividade assistencial do Serviço de Endocrinologia manteve-se integralmente, preservando-se, assim, a prestação de cuidados de saúde atempados.

O Serviço disponibilizou, desde o início da pandemia, um e-mail específico para que os doentes ou seus familiares esclareçam as suas dúvidas, entre outras informações.

Desta forma, a estratégia de proximidade implementada desde o início da pandemia, tornou possível que os doentes só necessitem de se deslocar ao Hospital em caso de consulta presencial ou em caso de urgência.

Segundo a Diretora do Serviço de Endocrinologia do Hospital de Braga, Dr.ª Olinda Marques: “É fundamental que os doentes com diabetes não descuidem a doença em tempos de pandemia, sendo primordial tentarem manter o seu controlo o melhor possível cumprindo com a medicação, fazendo uma alimentação equilibrada e exercício físico”.

Acrescenta, ainda que “apesar destes doentes terem mais fatores de risco de desenvolver complicações associadas à COVID-19, para além do cumprimento das medidas preventivas, como o distanciamento social, uso da máscara e a lavagem das mãos, manter um bom controlo da glicemia permite-lhes reduzir este risco e torná-lo comparável ao de uma pessoa saudável, colaborando assim na redução do seu próprio risco”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho