Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
“Sonhai que convosco o mundo será diferente”
Um ‘Engenho’ de 30 anos que muito tem feito por Famalicão

“Sonhai que convosco o mundo será diferente”

David Fonseca dá concerto em Braga

“Sonhai que convosco o mundo será diferente”

Ensino

2024-04-15 às 06h00

Rui Miguel Graça Rui Miguel Graça

Mais de 5000 pessoas participaram na bênção dos finalistas do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, numa cerimónia que voltou a acontecer no Estádio Cidade de Barcelos. Maria José Fernandes, presidente do IPCA, com discurso motivador e marcante.

Citação

Lágrimas, arrepios e emoções fortes num momento marcante na vida de um estudante:?a despedida, a recta final, o fechar de uma etapa. O Estádio Cidade de Barcelos voltou a ser o anfiteatro da bênção de finalistas do Instituto Politécnico do Cávado e Ave, reunindo cerca de 5000 pessoas nas suas bancadas, onde cerca de 700 alunos tiveram a sua cerimónia de despedida.
A celebração, dirigida pelo Capelão do IPCA, padre Manuel Rocha, contou com a presença do Coro Académico do IPCA. Seguiram os discursos, proferidos por Mariana Carvalho, vereadora da Educação da Câmara Municipal de Barcelos, pela presidente do Politécnico do Cávado e do Ave, Maria José Fernandes, pelo dux-veteranorum Pedro Ribeiro e pelo presidente da Associação Académica do IPCA, João Salazar.

O momento das leituras, ofertórios e comunhão foi conduzido pelos finalistas em colaboração com a AAIPCA.
No seu discurso, a presidente do IPCA, Maria José Fernandes, deu os parabéns aos alunos neste final de etapa, num dia de enorme alegria. Estamos convosco também todos nós, IPCA, os vossos professores, diretores de curso, funcionários, que diariamente deram o seu melhor, criando condições para que obtivesses uma formação de excelência. Para todos eles e para todos nós, este é um dia de grande alegria, por vos vermos atingir o objetivo da conclusão de um curso superior e pela esperança que pomos no vosso futuro”.

“Sabemos que para alguns de vós, o esforço foi ainda maior pois estão aqui presentes muitos estudantes-trabalhadores, que frequentaram o curso em regime pós-laboral ou em regime e-learning. Os estudantes trabalhadores enfrentam desafios únicos, como gerir o tempo de forma eficiente, lidar com o cansaço decorrente da jornada dupla de trabalho e estudo, e encontrar um equilíbrio entre as responsabilidades profissionais, e académicas, familiares. E nunca se deixaram vencer pelo cansaço. Sentimos uma enorme satisfação por continuarmos a cumprir a nossa missão de criar condições para permitir que todos tenham a oportunidade de estar no ensino superior", referiu ainda a presidente da instituição.

“Como um dia disse o cardeal José Tolentino Mendonça, a atual geração de jovens tem de ser “protagonista e criadora” e, por isso, é importante que tenhais visões, desejos grandes, que queirais uma vida maior e não vos satisfaçais com pouco. E, nas palavras do Papa Francisco, “não sejais carros estacionados, mas deixai brotar os sonhos e tomai decisões. Arriscai. Fazei-vos ouvir. Vivei. Entregai-vos ao melhor da vida. Sonhai que convosco o mundo será diferente.”
Por fim, cultivai a gratidão recordando sempre o apoio e o amor daqueles que estiveram ao vosso lado durante esta jornada. E acima de tudo, sede felizes!” finalizou a presidente do IPCA.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho