Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Spin-off distinguida pelo Conselho de Inovação
‘Cultura na Rua’ agita Verão em Caminha

Spin-off distinguida pelo Conselho de Inovação

Festas de São João: Ana Bacalhau e Daniel Pereira Cristo apadrinham candidaturas às ‘7 Maravilhas’

Spin-off distinguida pelo Conselho de Inovação

Ensino

2020-07-31 às 08h03

Redacção Redacção

EcoFoot é a única spin-off portuguesa entre 64 PME financiadas no âmbito do Pacto Ecológico Europeu.

A Ecofoot, spin-off nascida na Escola de Engenharia da UMinho, foi distinguida pelo Conselho Europeu de Inovação.
É a primeira empresa portuguesa financiada pelo Conselho Europeu de Inovação no âmbito do Pacto Ecológico Europeu (Green Deal). A sua tecnologia de tingimento, ‘H2Color-Aux’, pode revolucionar a indústria têxtil mundial: reduz em 70% o consumo da água, em 60% a energia gasta e em 50% o tempo nas lavagens, tendo claros benefícios no ambiente, nos custos e na produção de tintas.

Está assim entre as primeiras 64 PME de 17 países da UE eleitas para receber um total de 307 milhões de euros, de modo a contribuir para o Green Deal e o Plano de Recuperação para a Europa.
A spin-off vai agora produzir 24 toneladas do seu composto inovador para validação interna e validação da sua eficácia junto de duas tinturarias em Portugal e uma em Itália.
Vai também aproximar aquela tecnologia do seu lançamento comercial, aliando estratégias de propriedade intelectual e comunicação.

A ‘H2Color-Aux’ remove mais facilmente o excesso de corante aplicado, graças a uma camada polimérica que se forma entre o corante e a fibra e depois se decompõe, mantendo a cor intensa, uniforme e sólida à lavagem ou ao atrito, mesmo com um número menor de lavagens e a uma temperatura mais baixa.
As vantagens do projecto devem sentir-se a médio prazo. A aplicação põe então fim à utilização de detergentes que são normalmente utilizados na remoção do excesso de corante, que são poluentes e de difícil eliminação e prejudiciais à fauna e flora.

Em certas zonas do globo, os governos estão a fechar indústrias de tingimento por falta de abastecimento de água limpa e devido à poluição dos rios e solos envolventes, que impede a agricultura.
A Ecofoot foi fundada por Jaime Rocha Gomes, professor catedrático do Departamento de Engenharia Têxtil da EEUM e investigador do Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil (2C2T), com o objectivo de reduzir os gastos excessivos em água e energia nas lavagens posteriores de fibras celulósicas tingidas com corantes reactivos. Este conceito venceu o Grande Prémio BES Inovação em 2011.
Jaime Rocha Gomes tem um percurso de transferência de te- cnologia da universidade para a indústria via spin-offs, tendo também fundado a Micropolis, com microcápsulas inovadoras para aplicações têxteis e a Ecoticket, uma spin-off de acabamentos antimicrobianos e repelentes de insectos, entretanto rebatizada Repeltec.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho