Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Subiu 38,2% número de peregrinos que passaram por Caminha
Comédia e teatro marcam programação de Março

Subiu 38,2% número de peregrinos que passaram por Caminha

Oitocentos utentes de várias instituições deram vida ao ‘Carnaval Sénior’ de Famalicão

Subiu 38,2% número de peregrinos que passaram por Caminha

Alto Minho

2020-01-21 às 12h44

Redacção Redacção

Números são referentes apenas aos peregrinos registados nos Postos de Turismo de Caminha e Vila Praia de Âncora. Autarca local destaca o investimento do Município e empresas na divulgação da rota.

Foram 8 176 os peregrinos do Caminho de Santiago que se registaram nos Postos de Turismo de Caminho e Vila Praia de Âncora no decurso de 2019, tendo atingido um máximo com uma crescimento de 38,2% relativamente ao ano anterior.
Os dados revelam que pelo concelho do Alto Minho passaram peregrinos de dezenas de nacionalidades, com destaque para os alemães, que representam 32% dos registos, os portugueses, que correspondem a 12,1% do número total, e os espanhóis que perfizeram 9,5% do conjunto total.
Encerraram o ‘top 5, das nacionalidades os peregrinos oriundos de Itália e Estados Unidos.

“A notícia tem correspondência com o que vemos nas nossas ruas e nas nossas praças durante todos os meses do ano”, revela o autarca de Caminha, acrescentando que além da projecção internacional do Caminho de Santiago, autarquia e diversas em- presas e instituições da região fizeram também um “forte” investimento na divulgação, sinalética e valorização do Caminho Português da Costa numa aposta “que está a dar os seus frutos”.
Miguel Alves destaca o crescimento anual, sempre na casa dos 20% ou 30%.

“Nos últimos quatro anos, o número de peregrinos registados no nosso concelho cresceu 153% e só estamos a falar daqueles que se deslocam aos nossos Postos de Turismo para carimbarem a sua credencial. O trabalho é para continuar e reforçar já em 2021, ano Xacobeo!”, afirma o presidente da câmara de Caminha.
De acordo com os dados recolhidos no concelho, o mês com mais peregrinos foi Setembro, seguido de Maio e de Agosto e o mês com menos registados foi o de Janeiro. Entre dezenas de nacionalidades que passaram por Caminha destaca-se o crescimento dos cidadãos oriundos do continente americano e a passagem de pessoas oriundas de locais tão remotos ou exóticos como seja o Cazaquistão, a Namíbia, o Líbano ou a Guatemala.   

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.