Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Três milhões de euros para renovar Centro de Transportes de Famalicão
A salvação merecida no último suspiro da odisseia no dilúvio

Três milhões de euros para renovar Centro de Transportes de Famalicão

Sessão solene marca início das comemorações dos 50 anos do Grupo Folclórico de São Paulo de Barroselas

Três milhões de euros para renovar Centro de Transportes de Famalicão

Vale do Ave

2020-01-14 às 06h00

Redacção Redacção

Concurso público para as obras de remodelação do Centro Coordenador de Transportes foram aprovadas ontem na reunião do executivo municipal.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão vai investir cerca de três milhões de euros na remodelação do Centro Coordenador de Transportes (Central de Camionagem). O anúncio da remodelação foi feito durante a reunião de ontem do executivo municipal, altura em que foi aprovada também a abertura do concurso público para a realização dos trabalhos.
Com a remodelação, a central de camionagem vai passar a designar-se Estação Rodoviária de Passageiros.

Os trabalhos visam modernizar o espaço, que conta já com 27 anos de existência, de forma a incentivar utilização dos transportes públicos, reforçando-se a articulação com a Estação Ferroviária de passageiros.
O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, revelou que “o que está em causa é uma intervenção estrutural. Todo o edifício vai ser melhorado”. Para o autarca famalicense “é fundamental criarmos condições de conforto e comodidade para estimularmos a mobilidade e o uso de transportes públicos, para que os cidadãos possam mais facilmente aderir aos mesmos”. Paulo Cunha acrescentou que “queremos cada vez mais pessoas a utilizar os transportes públicos e esta intervenção é decisiva para que isso aconteça.”

O edil famalicense considerou, ainda, que “quando a obra ficar concluída teremos um espaço mais condigno, mais aprazível, mais multifuncional. Não só ao nível da mobilidade, mas também como espaço lúdico, social e cultural. Para além da função de terminal e ponto de correspondência de transportes públicos rodoviários de passageiros, a estação exerce outras funcionalidades, como comércio e serviços aos passageiros, constituindo uma importante centralidade urbana”, apontou Paulo Cunha.
Os trabalhos consistem na colocação de uma nova cobertura no cais, na remodelação da área comercial, na colocação de apoios para estacionamento de bicicletas, de novo mobiliário e sinalética e na reorganização das bilheteiras.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.