Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Turismo de natureza sobre duas rodas é mais uma das aposta de Guimarães
Póvoa de Lanhoso apela à participação na campanha “Dê Troco a Quem Precisa”

Turismo de natureza sobre duas rodas é mais uma das aposta de Guimarães

Póvoa de Lanhoso inaugura instalação artística inspirada na Filigrana

Turismo de natureza sobre duas rodas é mais uma das aposta de Guimarães

Vale do Ave

2021-05-03 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Município de Guimarães continua a apostar no Turismo de Natureza, trabalhando em estratégias colaborativas e no necessário alinhamento com os agentes turísticos, apoiando-os na adaptação e interligação da oferta. É aqui que o ciclismo ganha força.

Viver o turismo na primeira pessoa, para levar consigo o amor ao território e a alma do lugar, só é possível numa cidade que tem o melhor de dois mundos e que aposta em experiências que marcam. Assim é Guimarães.
“A pandemia apenas veio catalisar uma tendência que já antes dava fortes sinais de procura: a natureza é cada vez mais um activo turístico fundamental e a sustentabilidade é o seu veículo primordial. À medida que o turista cria uma consciência ambiental mais forte, mais procura destinos ambientalmente responsáveis e Guimarães está a fazer uma forte aposta para se posicionar nesta nova tendência”, defendeu a vereadora do Turismo da Câmara Municipal de Guimarães, Sofia Ferreira, recordando que Guimarães venceu, no mês passado, o Prémio Nacional de Sustentabilidade.

Um dos equipamentos estruturantes da cidade é o teleférico. “Os turistas fazem a ligação entre a cidade e a Penha, tendo uma perspectiva especial sobre a cidade. Trata-se de uma experiência muito interessante e na Penha temos recantos e locais muito especiais”, contou a directora da Turipenha, Anabela Castro.
Outro fenómeno que a directora referiu foi o facto dos vimaranenses, ao domingo de manhã, fazerem um percurso a pé ou de bicicleta e o outro de teleférico. “Temos também tarifário especial para bicicletas e temos oito cabines adaptadas para a colocação de bicicletas”, contou.

Quem usa o teleférico desde muito novo para ir andar de bicicleta na montanha da Penha é Rui Freitas, que venceu a primeira prova da Taça de Portugal de Downhill (categoria de juniores), que se realizou no Algarve em Abril passado.
O jovem treina na montanha da Penha, porque “para além de ser perto de casa, tem boas pistas e muito bem cuidadas, e o teleférico ajuda muito na logística”.

Também Ilda Pereira, hoje atleta de elite internacional, começou no ciclismo por carolice. A atleta tem “um imenso orgulho” de quem é e das suas raízes, por isso, leva sempre Guimarães para as provas em todos os cantos do mundo. “Entreguei um livro de registo fotográfico de Guimarães em todo o lado onde estive”, confidenciou a atleta.
A Associação de Ciclismo do Minho está sedeada em Guimarães e José Luís Ribeiro destaca “o contributo dado para a promoção da bicicleta enquanto prática desportiva e de mobilidade”. Para além do passeio anual de bicicleta, José Luís Ribeiro evidenciou a criação do Centro de Ciclismo do Minho, situado na freguesia de Souto Santa Maria, que permite a prática de BTT em segurança.

Mas em Guimarães já há várias empresas a promover o turismo associado à bicicleta. O grupo Live4This sensibiliza para a prática do mountain-bike, apresentando ainda os trilhos a quem visita e pratica as vertentes de Enduro/Downhill. “Queremos fazer a 2.ª edição do Guimarães Mountain Bike Fest. O evento não tem cariz competitivo e o primeiro evento foi um sucesso, tivemos mais de 100 participantes”, contou André Almeida.
Já a GetGreen é uma “empresa que agrupa de forma holística todas as matérias que compreendem a promoção da mobilidade desde logo a venda de bicicletas e acessórios, mas também a mecânica e a vertente turística, com experiências inesquecíveis”, explicou Ana Pinto, evidenciando o programa EducaBicla, que forma ciclistas urbanos para que pedalem de forma segura e responsável. “O programa está nas escolas básicas do concelho desde 2015”, contou Ana Pinto.

A MTB in Portugal tem uma “oferta estruturada” que compreende passeios guiados em Mountain Bike numa vertente turística e actividades de Walking & Hiking. “Alavancar o turismo e contribuir para a fixar os turistas mais dias em Guimarães é a premissa da empresa”, assumiu José Carlos Guimarães, que aposta na oferta de experiências diferenciadas.
Entretanto, Sérgio Dias espera com a LT Tours levar os turistas a conhecer “trilhos espectaculares com interesse paisagístico e cultural muito grande que existem no concelho e que faça levar o turista a permanecer mais tempo em Guimarães”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho