Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
UE: aprovado parecer para criar Fundo Justo de Transição
Casa da Alegria “é exemplo” de que é possível ter respostas sociais inovadoras

UE: aprovado parecer para criar Fundo Justo de Transição

‘Daqui - Sabores Genuínos’ alia novos produtos à cozinha de inovação

UE: aprovado parecer para criar Fundo Justo de Transição

Nacional

2020-06-14 às 10h14

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Isabel Estrada Carvalhais mostra-se satisfeita com a aprovação de parecer sobre a criação do Fundo Justo de Transição, do qual foi relatora.

Isabel Estrada Carvalhais congratulou-se com a aprovação, por larga maioria, do parecer da Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu sobre a criação do Fundo Justo de Transição (FJT).
A eurodeputada minhota, relatora para este parecer, considera que “o FJT deve funcionar como uma ferramenta adicional, com financiamento adequado, complementando e não prejudicando a acção e recursos de outras políticas da UE de longo prazo, incluindo a Política Agrícola Comum”.

Neste parecer, fica clara a necessidade de haver o compromisso dos Estados-Membros em ter um objectivo nacional de neutralidade climática até 2050.
A eurodeputada defende ainda o reforço das medidas sociais, dando especial foco às áreas rurais, e a inclusão das autoridades e agentes locais e regionais no delineamento dos planos.
Este parecer será agora transmitido à Comissão de Desenvolvimento Regional, encarregue de elaborar o relatório principal.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho