Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
“É um clube ecléctico, de sucesso nacional e reconhecido em termos europeus e mundiais”
Câmara pretende requalificar no futuro o Centro Coordenador de Transportes

“É um clube ecléctico, de sucesso nacional e reconhecido em termos europeus e mundiais”

Rio exige inclusão de projectos estratégicos para Braga no PRR

“É um clube ecléctico, de sucesso nacional e reconhecido em termos europeus e mundiais”

Desporto

2021-01-20 às 09h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

José Manuel Fernandes não escondeu a “frustração” por não festejarem o centenário do SC Braga com os sócios e adeptos. Presidente da Assembleia Geral elogia trabalho do presidente António Salvador e o crescimento do clube a todos os níveis.

Foi um aniversário com sentimentos distintos e alguma “frustração” pela falta do carinho dos sócios e adeptos na comemoração do centenário. José Manuel Fernandes, presidente da Assembleia Geral do clube, destaca os fundadores e elogia o crescimento sustentado do SC Braga.
“Os 100 anos são uma marca histórica, são cem anos em que temos de agradecer aos nossos fundadores, a todos aqueles que trabalharam neste clube, um clube que tem estado sempre em crescimento, a todos os níveis, e que é importantíssimo também para o território e região. Um clube que significa juventude, mas também ambição, porque hoje tem património, importante do ponto de vista económico para o território. É uma mais-valia”, sublinhou, no final da cerimónia do hastear da bandeira, confessando a “uma frustração” por “não podermos festejá-los em virtude da pandemia, com os nossos sócios e massa associativa que tem sido verdadeiramente espectacular”.
“Os nossos sócios bem mereciam festejar os 100 anos. Mas a pandemia há de acabar e iremos festejar com todos os sócios”, acrescentou.
O dirigente lembra que o clube é uma bandeira da cidade e do país, não só no futebol, mas nas mais diversas modalidades.
“É um clube ecléctico, de sucesso nacional e reconhecido em termos europeus e mundiais e nem sempre temos essa consciência. Estamos num caminho seguro, num caminho certo e bem comandados, o António Salvador tem muito mérito no patamar de sucesso que o clube atingiu. São resultados muito positivos, é o crescimento em todas as modalidades, em infra-estruturas, temos agora património que não tínhamos. Nestes 100 anos, o SC Braga tem estado sempre a crescer”, sublinhou.
Lembrando que o SC Braga é também “um clube com responsabilidade social, solidário, que já esteve na Grécia num campo de refugiados, que visita hospitais, que tem os jogadores ao serviço das causas”, José Manuel Fernandes realça que “futebol é também solidariedade” e “um clube como o SC Braga tem também de transportar valores em todas as modalidades”. “Valores na formação de homens e mulheres e, nesse campo, o SC Braga é um exemplo”.
“Estamos a construir um modelo de sucesso graças ao presidente Salvador, somos um clube que em termos nacionais e europeus se posiciona com ambição, onde a palavra inclusão também está e onde há sucesso desportivo e financeiro”, rematou.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho