Correio do Minho

Braga, sábado

- +
“Uma universidade grande para o país”
Quercus classifica Praia do Alqueirão com Qualidade de Ouro em 2020

“Uma universidade grande para o país”

Mais 350 infectados e 14 óbitos no país

“Uma universidade grande para o país”

Braga

2020-02-18 às 08h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho, assinalou, ontem, no 46.º aniversário da academia minhota, o crescimento e reconhecimento social que tem alcançado, suportado na sua “investigação de excelência”.

Foi com um ‘abraço’ à comunidade, com base numa relação de maior proximidade às autarquias e agentes económicos da região, que a Universidade do Minho celebrou, ontem, o seu 46.º aniversário. O reitor Rui Vieira e Castro destacou a “excelência” da investigação e o “reconhecimento social” que a academia minhota alcançou em 2019. A celebração serviu, também, para atribuir o título honorífico de honoris causa ao médico e investigador galego Angel Carracedo pelos seus feitos, designadamente na área da genética forense e farmacogenética.
O Salão Medieval da Reitoria da UMinho, no Largo do Paço, encheu-se de convidados e premiados na festa de aniversário e perante um vasto colégio doutoral, numa cerimónia com ‘pompa e circunstância’, onde vários autarcas fizeram questão de marcar presença, como o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, o presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, e o presidente da Câmara de Guimarães, Domingos Bragança.
Rui Vieira de Castro fez uma retrospectiva do ano de 2019, apontando para os cerca de 20 mil alunos que a UMinho tem actualmente inscritos e frisando que cerca de 14,5 por cento são alunos estrangeiros. “Estes números, em que temos orgulho, exprimem bem a confiança que a sociedade deposita na UMinho para a construção dos seus percursos qualificados”, sublinhou o reitor, indicando que em apenas o número de investigadores contratados quase sextuplicou.
Olhando para o futuro da academia minhota que passa pelo recrutamento de mais e melhores alunos, o reitor alertou para “o desafio da renovação” do corpo docente da UMinho, considerando-o “envelhecido”, indicando que no ano de 2019 foram criadas várias oportunidades de ingresso e progressão de carreiras, nomeadamente nas Escolas de Arquitectura e Enfermagem e que o mesmo se pretende também para as Escolas de Medicina, Psicologia e Direito. Essa “renovação” é necessária ao nível dos edifícios da UMinho e o reitor critica a “inexistência de programas de financiamento” para o efeito, apontando para uma “pressão adicio- nal” sobre o orçamento da universidade.
Rui Vieira de Castro disse que o número de trabalhadores técnicos da UMinho cresceu e que 110 trabalhadores com vínculos precários foram intregrados - uma medida que a custa anualmente 1,1 milhões de euros à universidade, que tem recorrer a expensas próprias e deslocar verbas para esta área.
Entre os desígnios futuros, o reitor aponta para a “formação contínua” dos seus trabalhadores e para a melhoria dos Campus de Gualtar (Braga) e de Azurém (Guimarães).
Rui Vieira de Castro enalteceu a relação com os Municípios de Guimarães e Famalicão, nos quais, a UMinho passará a dispôr, já este ano, de novas instalações para projectos pedagógicos e científicos, bem como a parceria com a Bosch.
Tal como o presidente da Associação Académica da UMinho, Rui Oliveira, também o reitor chamou a atenção para o problema do alojamento estudantil, indicando que “o alargamento da base social do Ensino Superior requer efectivas medidas do Estado ao nível da acção social e a resposta tem sido frustrante”.
Na cerimónia, Maria José Carrilho, presidente do Lions Club de Braga, entregou à UMinho um cheque de 50 mil euros para apoiar bolsas de estudo para estudantes carênciados.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho