Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
UMinho assinala Dia Internacional das Pessoas com Deficiência na segunda-feira
Náutico de Ponte de Lima lidera regata nacional de velocidade

UMinho assinala Dia Internacional das Pessoas com Deficiência na segunda-feira

Formação profissional é via de sucesso para muitos jovens

UMinho assinala Dia Internacional das Pessoas com Deficiência na segunda-feira

Braga

2018-11-30 às 22h30

Redacção Redacção

Estima-se que uma em cada dez pessoas seja portadora de algum tipo de deficiência. “Todos os dias criamos - ou não eliminamos - múltiplas barreiras que impedem a um grande número de pessoas o pleno exercício da sua cidadania e que nos empobrecem como sociedade. Neste encontro vamos falar e refletir para agirmos de modo cada vez mais eficaz”, explica a organização.

A Universidade do Minho assinala esta segunda-feira, às 14h30, o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência com uma conferência dedicada à cidadania e inclusão daquele grupo. A iniciativa é promovida pelo Centro de Investigação em Justiça e Governação da UMinho, pelo Gabinete para a Inclusão (GPI) da mesma instituição e pelo Centro de Investigação Jurídico-Económica da Universidade do Porto (UP). A entrada é livre.

A sessão de abertura tem lugar na sala 0.03 da Escola de Direito, no campus de Gualtar, em Braga, com a presença de Clara Calheiros, presidente daquela unidade. Seguem-se as intervenções de Rui Silva, do GPI, Sara Coutinho, da Associação Salvador, e Sérgio Pereira, aluno do mestrado em Administração Pública na UMinho. A moderação está a cargo de Carlos Barbosa, coordenador do GPI.

Pelas 16h00 inicia o painel “O balanço dos 10 anos de vigência da Convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência”, juntando os especialistas Carlos Veiga, do Instituto de Ciências Sociais da UMinho, Jorge Gracia, da Faculdade de Direito da UP, e Amita Dhanda, da Universidade de Direito de Nalsar (Índia). O evento termina pelas 17h30 com a intervenção do pró-reitor para os Assuntos Estudantis e Inovação Pedagógica, Manuel João Costa.

Estima-se que uma em cada dez pessoas seja portadora de algum tipo de deficiência. “Todos os dias criamos - ou não eliminamos - múltiplas barreiras que impedem a um grande número de pessoas o pleno exercício da sua cidadania e que nos empobrecem como sociedade. Neste encontro vamos falar e refletir para agirmos de modo cada vez mais eficaz”, explica a organização.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho