Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
UMinho confirma caso de covid-19 e encerra campus de Gualtar
Fafe: Município já atribuiu 1,4 milhões de euros a alunos do ensino superior

UMinho confirma caso de covid-19 e encerra campus de Gualtar

Mosteiro de Rendufe vai alojar unidade hoteleira turística

UMinho confirma caso de covid-19 e encerra campus de Gualtar

Casos do Dia

2020-03-07 às 23h59

Redacção Redacção

A Universidade do Minho confirmou através da página oficial da instituição a existência de um caso confirmado de coronavirus na "comunidade académica que desenvolve a sua actividade no campus de Gualtar". O campus de Gualtar da Universidade do Minho, em Braga, foi encerrado por tempo indeterminado.

As aulas de todos os cursos da UMinho que funcionam no campus de Gualtar, em Braga, vão ficar suspensas por tempo indeterminado, depois de neste sábado ter sido confirmada a infecção pelo novo coronavírus de um estudante da instituição.

Os edifícios partilhados como as bibliotecas, cantina e bares, bem como os serviços desportivos, também serão encerrados.

Despacho do Reitor 23/2020

Estando confirmado, pelas autoridades de saúde, um caso de COVID-19 na comunidade universitária que desenvolve a sua atividade no campus de Gualtar;

Considerando a necessidade de a Universidade assumir uma posição que contribua ativamente para a prevenção e o controlo da COVID-19;

Considerando as recomendações da Comissão de Elaboração e Gestão do Plano de Contingência Interno COVID-19;

Determina-se:
1. Não são autorizadas, a partir de hoje, deslocações em serviço;
2. São suspensas as deslocações em serviço que tenham sido previamente autorizadas;
3. É encerrado o edifício do Instituto de Ciências Sociais (Edifício 15 do campus de Gualtar);
4. São suspensas as atividades pedagógicas no campus de Gualtar;
5. São encerrados os serviços de bibliotecas e as unidades alimentares no campus de Gualtar;
6. São suspensos os eventos e atividades desportivas no campus de Gualtar;
7. É suspensa a realização de conferências, seminários, cerimónias e eventos de natureza similar no campus de Gualtar;
8. Professores, investigadores, trabalhadores técnicos, administrativos e de gestão e estudantes oriundos de países com casos confirmados de Covid-19 devem voluntariamente submeter-se a um período de quarentena, de 14 dias, após a sua chegada ao país;
9. O modo de funcionamento das unidades de serviços da Universidade, dos Serviços de Ação Social e dos serviços das unidades orgânicas, com atividade no campus de Gualtar, será fixado até ao final do dia 8 de março, sendo o mesmo posteriormente comunicado aos respetivos trabalhadores;
10. Até que se encontrem disponíveis soluções de desinfeção para colocação ao lado dos terminais de leitura biométrica para controlo de assiduidade, está suspensa a utilização destes equipamentos. O controlo e validação de assiduidade no período em que estiver suspensa a utilização dos referidos terminais será feita pelo respetivo superior hierárquico direto.

Adicionalmente, recomenda-se que:
Seja reduzida ao mínimo a utilização das instalações da Universidade em Gualtar pelos membros da comunidade universitária.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho