Correio do Minho

Braga,

- +
Universidade do Minho é orgulho para a cidade
Jovens barcelenses querem preservar o passado

Universidade do Minho é orgulho para a cidade

Acidente na EN205 deixa uma senhora ferida

Universidade do Minho  é orgulho para a cidade

Braga

2024-02-25 às 14h00

Miguel Viana Miguel Viana

Assembleia Municipal aprovou, por unanimidade, votos de louvor e saudação do PS, PSD e CDS-PP pelos 50 anos da Universidade do Minho.

Citação

A Assembleia Municipal de Braga aprovou, na sexta.feira à noite, por unanimidade, os votos de louvor e saudação apresentados pelo PS, PSD e CDS-PP, a propósito dos 50 anos da Universidade do Minho (UMinho).
O deputado socialista José Litra lembrou que a criação da UMinho reflecte um novo “ecossistema universitário”, assente nos valores da liberdade, da tolerância, da participação democrática e dos direitos humanos. A Universidade do Minho está fortememete ligada ao desenvolvimento económico, social e cultural do país”.
O PSD identificou a UMinho como “o motor do desenvolvimento regional”, sendo também “crucial para o desenvolvimento de Portugal”.
O CDS-PP apontou que “a Universidade do Minho leva Braga para o mundo” e é “impulsionadora de talentos, um espaço de acolhimento, inclusão e cultura”.
Os deputados aprovaram ainda, por unanimidade, um voto de pesar pelo falecimento de Basílio Mendes Abrantes (ex-vereador da Câmara Municipal de Braga).
O mesmo aconteceu no voto de louvor do Bloco de Esquerda sobre o Dia Mundial da Mulher (8 de Março).
O deputado do PSD, Joaquim Barbosa, propôs um voto de congratulação e louvor ao Sporting Clube de Braga pela passagem do 103º aniversário do clube. Joaquim Barbosa distinguiu os feitos do clube, particularmente da equipa feminina de atletismo nos Campeonatos Nacionais de Estrada deste ano. “Uma proeza que não acontecia há 22 anos”, destacou Joaquim Barbosa. A proposta foi aprovada com a abstenção do PAN.
Rafael Pinto, do PAN, em substituição de Tiago Teixeira, apresentou um voto de louvor aos emigrantes residentes no concelho de Braga. A proposta foi aprovada com as abstenções do Chega, CDS-PP e de alguns presidentes de juntas de freguesia.
O PAN apresentou, ainda a proposta de criação de parques infantis ‘indoor’ (interior de estruturas). A proposta obteve 33 votos a favor, 32 contra e sete abstenções.
O partido Aliança, através de Carlos Vaz, apresentou um voto de congratulação ao executivo municipal pelo trabalho desenvolvido na promoção do concelho e da qualidade de vida dos bracarenses. O voto foi aprovado com 39 votos favoráveis e as abstenções do PS, CDU, BE, PAN, Chega e presidentes de junta.


Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho