Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Vales de Natal ajudam famílias carenciadas e o comércio local
Abstenção ganhou em todo o Minho

Vales de Natal ajudam famílias carenciadas e o comércio local

Saúde Pública em debate

Vales de Natal ajudam famílias carenciadas e o comércio local

Alto Minho

2020-11-26 às 08h30

Miguel Viana Miguel Viana

Cerca de mil famílias do concelho vão ter direito a Cheques-Prenda e vales de compra Recontro para efectuarem compras no comércio tradicional até ao fim do mês de Dezembro.

A Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez vai investir cerca de 9150 euros na entrega de cheques-prenda a cerca de mil famílias, particularmente as mais economicamente desfavorecidas. O anúncio foi feito ontem pelo presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves, na apresentação do programa ‘Magia de Natal’, que decorre desde ontem e até ao dia 10 de Janeiro.
O objectivo é ajudar as famílias, mas também promover o comércio local. “Queremos que este seja um momento de apoio às famílias, com especial enfoque ás famílias mais vulneráveis. Iremos reforçar esta ‘Magia de Natal’ envolvendo as famílias e o comércio tradicional, envolvendo uns e outros. Durante o mês de Dezembro, as famílias terão vales para fazer compras nos estabelecimentos aderentes. Pensamos atingir cerca de mil famílias”, anunciou o autarca arcuense.
Cada agregado familiar até três pessoas tem direito a três vales de 10 euros cada um. Os agregados familiares com quatro ou mais pessoas têm direito a cinco vales de 10 euros.
Além desta iniciativa, a autarquia voltou a lançar este ano o Vale de Compras Recontro. “Aquelas famílias que tiveram uma perda de rendimento acima dos 20 por cento, podem ter apoio para aquisição de produtos entre os 100 e os 2500 euros”, revelou João?Manuel Esteves. Os trabalhadores do município também terão vales de compras para descontarem no comércio tradicional
Francisco Araújo, vice- presidente da Associação Comercial e Industrial de Arcos de Valdevez e Ponte da Barca (ACIAB), realçou que com estas iniciativas “irão entrar no comércio dos Arcos de Valdevez um valor entre os 30 e os 50 mil euros . È um valor que dá um impacto comercial substancial”.
O vice-presidente da ACIAB aproveitou a apresentação do programa ‘Magia de Natal’, para fazer um pedido especial ao Pai Natal. “Saúde para todos e a possibilidade das nossas vidas voltarem à normalidade. Gostariamos que a economia prosperasse novamente”, pediu Francisco Araújo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho