Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Vendedor de gelados paquistanês tinha milhões no banco e não sabia
Autarca de Viana defende que obras de 13ME justifica criação da Águas do Alto Minho

Vendedor de gelados paquistanês tinha milhões no banco e não sabia

Município de Barcelos assina acordo de colaboração com o Ministério de Educação para remoção de amianto

Vendedor de gelados paquistanês tinha milhões no banco e não sabia

Mundo Web

2018-10-06 às 06h00

Filipe Ferreira Filipe Ferreira

Um vendedor de gelados, morador num bairro de lata no Paquistão, teve na sua conta bancária uma grande fortuna durante um ano, mas só teve conhecimento quando foi contactado pela polícia.

Um vendedor de gelados paquistanês, que vive num bairro de lata, teve na sua conta bancária 2,3 mil milhões de rupias (cerca de 15 milhões de euros) durante um ano mas só descobriu muito depois, quando foi contactado pela polícia.
De acordo com o Guardian, Muhammad Abdul Qadir foi contactado por agentes da Agência de Investigação Federal (FIA) paquistanesa para explicar a origem do dinheiro, no mês passado, no âmbito de uma mega operação
de investigação no combate ao branqueamento de capitais.
“Sou o homem mais azarado do mundo”, indicou o humilde comerciante de 52 anos a um canal de televisão local, pois só soube que tinha sido dono da avultada quantia quando esta já lá não estava.

O banco público do Paquistão informou a FIA sobre a transacção suspeita quando a avultada quantia foi levantada, há dois anos, sem nunca ter sido mexida.
Quando a polícia o interrogou sobre o caso, convidou-os a visitar a sua casa, no bairro de lata: “Porque viveria eu esta vida miserável se tivesse milhões na minha conta?”.
Qadir acabou por ser ilibado de responsabilidades, pois, embora a conta tenha sido aberta com o seu cartão de identificação, ficou provado que não sabia da existência daquela fortuna e que não pode ter assinado os documentos de levantamento do dinheiro por uma razão simples: não sabe assinar.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho