Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Veterania de Miguel decisiva para levar Dumiense em frente
Prémio António Couto Viana distingue 12 alunos

Veterania de Miguel decisiva para levar Dumiense em frente

Praça das Lampreias com arranjo provisório

Veterania de Miguel decisiva para levar Dumiense em frente

Desporto

2020-01-27 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Guardião dos bracarenses defendeu dois penáltis e foi o grande responsável pela queda do Santa Maria nos 16 avos-de-final. Dumiense festeja passagem depois de 120 minutos sem golos.

Quem foi ao futebol ontem à tarde, no Estádio da Devesa, em Barcelos, à procura de se entreter com golos no duelo entre o Santa Maria e o Dumiense, saiu certamente defraudado, tal foi a incapacidade das equipas em desenvolver múltiplos lances de perigo junto das balizas.
Não é que eles não existissem, e nesse particular tanto uma como outra equipa tiveram boas ocasiões, mas pedia-se muito mais, até para ajudar a combater de certa forma o muito frio que se adensou com o passar das horas.
O Dumiense teve o primeiro grande momento por intermédio do lateral Mota, que estava em boa posição mas permitiu a defesa de Carlos. O Santa respondeu logo de seguida com um remate de Xavi - começou o jogo no banco mas entrou aos dez minutos para render Rodrigues - mas facilmente resolvido pelo guardião Miguel.

Com estes dois momentos estamos conversados quanto a momentos empolgantes juntos das duas balizas. Pedia-se muito mais no segundo tempo, mas as dificuldades eram evidentes. Apesar disso, Joãozinho esteve muito perto de festejar, mas o remate acabou devolvido pela trave da baliza de Carlos. O medo de errar também foi tomando conta dos dois conjuntos, razão pela qual o prolongamento acabou por ser a conclusão mais previsível.

Aí, talvez pela fraqueza que começou a tomar conta das pernas, os espaços começaram a aparecer e, com eles, também os lances de perigo. Salgueiro, da direita, sacou um cruzamento ao qual São Bento respondeu com um cabeceamento ligeiramente ao lado. O mesmo desfecho teria a tentativa de cabeça de Pedro Oliveira, desta vez após livre de Xavi e com a bola a tomar a direcção das mãos de Miguel.
A última tentativa de evitar as grandes penalidades pertenceu aos visitantes, numa jogada com dupla oportunidade. Primeiro Carlos defendeu para a frente, na recarga, a remate de Rafa - que tinha tudo para marcar -, o guardião barcelense brilhou.
O homólogo não quis ficar atrás e travou dois penáltis, que permitiram ao Dumiense festejar a passagem.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho