Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Viana do Castelo ganha 500 milhões e mil empregos com a Agenda do Mar
Póvoa de Lanhoso apela à participação na campanha “Dê Troco a Quem Precisa”

Viana do Castelo ganha 500 milhões e mil empregos com a Agenda do Mar

Braga é palco maior das tradições com Festival Sons do Noroeste

Viana do Castelo ganha 500 milhões e mil empregos com a Agenda do Mar

Alto Minho

2021-04-28 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Município de Viana do Castelo antecipa investimentos em várias sectores da economia do mar. Agenda do Mar tem um horizonte de uma década. Agentes locais vão ser ouvidos para a elaboração do documento.

Quinhentos milhões de euros de investimento público e privado capaz de gerar um milhar de postos de trabalho qualificados na próxima década é o objectivo que o Município de Viana do Castelo se propõe atingir com a Agenda do Mar, um documento estratégico para o desenvolvimento do concelho. Alinhada com uma das pioridades do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), a Agenda, ontem anunciada, começa esta semana a ser discutida com meia centena de líderes da chamada economia do mar.
José Maria Costa, presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, considera que a previsão de investimento na economia do mar do concelho, nos próximos dez ano,s “é conservadora”. O autarca justificou que o que se está “a colocar em cima da mesa é um volume de investimento que é bastante conservador, atendendo não só ao investimento público, mas também ao desenvolvimento de projectos privados”.
José Maria Costa ressalva que, sendo estes os objectivos, “podem acontecer desenvolvimentos”, dada a certeza de que, “com a atractividade da região e a ligação fortíssima à Galiza podem, aparecer novas oportunidades”.
Miguel Marques, autor de vários estudos sobre a economia do mar, convidado pela Câmara Municipal para coordenar a elaboração da Agenda ‘Viana do Castelo-Retoma através do Mar’, relevou ontem, em videoconferência, que este “é o primeiro município a dar um passo em frente e a concretizar o que no terreno poderá querer significar a aposta no mar ao nível do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR)”.
Este consultor confia que a Agenda do?Mar “esteja completamente alinhada com os desígnios nacionais e europeus”, ideia subscrita pelo presidente da Câmara Municipal, que manifestou a expectativa de que o documento “sirva os interesses de Viana do Castelo, mas acima de tudo os interesses da economia do mar a nível nacional”.
O edil vianense expressou o desejo de que a Agenda tenha “uma forte componente participativa e técnica para que o documento seja robusto”.
De entre os investimentos já enquadrados na Agenda do Mar de Viana do Castelo, José Maria Costa aponta o centro de inovação e valorização do território, um interface entre as universidades, institutos politécnicos e empresas, o reforço da aposta nas energias renováveis oceânicas, na construção e reparação naval, na pesca ou na aquacultura, o terminal de cruzeiros e os desportos náuticos.
Ainda de acordo com o autarca, as áreas ligadas à economia do mar “estão sempre em aberto” e “sempre foram e continuarão a ser uma ambição e aposta” do Município.
O consultor Miguel Marques entende que a Agenda do Mar de Viana do Castelo surge “em boa hora”, lembrando que, aquando da última grande crise financeira, “a economia do mar mostrou grande resiliência”.
A opção do Município vianense ganha também oportunidade depois de a economia do mar ter ganho relevância no PRR, após o período de consulta pública.
Segundo Miguel Marques, a concretização dos investimentos da Agenda do Mar beneficiará de três envelopes financeiros: o investimento privado, o PRR e a agenda europeia para o ambiente e a transformação digital.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho