Correio do Minho

Braga, sábado

Viana do Castelo vai reduzir tarifa nos transportes públicos a partir de 1 de Junho
Garrett McNamara dá aula nas ondas do Cabedelo

Viana do Castelo vai reduzir tarifa nos transportes públicos a partir de 1 de Junho

‘Rio’ de gente na ‘Praia Fluvial’ do Poço do Frade para um Passeio Literário pela ‘mão’ do Centro de Teatro

Alto Minho

2019-05-18 às 12h43

Redacção

Câmara de Viana do Castelo vai iniciar a aplicação de descontos nos transportes públicos a 1 de Junho. O protocolo que viabiliza a medida será assinado na próxima semana.

A Câmara de Viana do Castelo vai iniciar a aplicação de descontos nos transportes públicos no dia 1 de Junho, sendo que o protocolo que viabiliza a medida será assinado na próxima semana, informou ontem a autarquia.
Em comunicado, a autarquia da capital do Alto Minho acrescentou estarem em causa “um conjunto de acções que integram uma candidatura de 217 mil euros para apoiar, em 2019, diversas reduções e isenções nos transportes públicos”.
A Câmara decidiu “implementar um conjunto de acções como a gratuitidade do transporte escolar aos alunos do ensino secundário, numa acção inovadora que representa um investimento superior a 100 mil euros e atingindo 731 alunos”.

Ao abrigo do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes (PART), está também prevista “a redução em 50% do custo do bilhete ou passe aos utentes que utilizam os miniautocarros que circulam no centro da cidade de Viana do Castelo”, bem como “a introdução da gratuitidade para utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos entre o Parque de Estacionamento do Campo d’Agonia (PECA) e a Zona de Actividades Económicas da Praia Norte (Praia do Coral)”.

“Em causa está também a redução em 50% do custo do bilhete ou passe dos utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos para as zonas industriais do Neiva, 1.ª e 2.ª fases e Alvarães, e Meadela”, refere ainda a nota da autarquia.
O PART “tem por objectivo combater as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social”.

Até 15 de Maio, data limite anunciada pelo primeiro-ministro para aplicação das medidas de redução tarifária, a grande maioria das Comunidades Intermunicipais iniciou a aplicação de descontos nos transportes públicos, mas pelo menos duas adiaram a sua aplicação.
Ainda não implementaram medidas de redução tarifária os cinco concelhos da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira), que deverão apenas ter início a 1 de Julho.

Também o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM), José Maria Costa, disse que as reduções tarifárias nos transportes públicos nesta CIM serão decididas até ao final de Maio, sem adiantar a data de aplicação.
A CIM do Alto Minho abrange dez concelhos do distrito de Viana do Castelo: Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença, Paredes de Coura, Monção, Melgaço, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Ponte de Lima.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.