Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Vila Franca do Lima marca início da Taça de Portugal de Cross
Torrestir investe 45 milhões em sede e terminal logístico

Vila Franca do Lima marca início da Taça de Portugal de Cross

Mais 350 infectados e 14 óbitos no país

Vila Franca do Lima marca início da Taça de Portugal de Cross

Desporto

2020-03-07 às 18h57

Redacção Redacção

Pontuável para apuramento Olímpico prova conta com concorrentes da Argentina, Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Polónia, Portugal e República Checa.

O XVI BTT XCO Vila Franca será a primeira jornada da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO), prova de classe 1 internacional, a disputar amanhã, em Vila Franca do Lima, Viana do Castelo. No mesmo dia, o pelotão profissional regressa à estrada para disputar a Clássica da Primavera, na Póvoa de Varzim.
A competição internacional de XCO será disputada pelas categorias de elite, sub-23, juniores, cadetes e masters, com a presença de atletas internacionais, da Argentina, Espanha, França, Grã-Bretanha, Hungria, Polónia, Portugal e República Checa.

Entre os que vêm de fora para aumentar o desafio a enfrentar pelos portugueses, destaca-se a Carlos Coloma, medalhado nos Jogos Olímpicos do Rio.
O facto de a corrida minhota ser pontuável para o apuramento olímpico explica a forte presença forasteira.
Na elite masculina, os espanhóis Jofre Cullell, Pablo Rodriguez, Sergio Montecon poderão ser protagonistas, dado o posicionamento no ranking mundial.
As femininas terão a presença da espanhola Rocio Garcia e da polaca Maja Wloszczowska, que são as atletas inscritas mais bem colocadas no ranking desta disciplina olímpica.
A primeira corrida, cadetes masculinos e femininos, inicia-se às 9 horas. Os juniores masculinos e restantes categorias femininas partem às 10.15. Os masters e paraciclistas saem às 12.30, e a corrida de elite e sub-23 será realizada às 14.30.

A 24.ª edição da Clássica da Primavera, prova de estrada, será realizada também domingo, na Póvoa de Varzim.
A prova será para a categoria de elite e sub-23, com partida e chegada na Avenida Vasco da Gama.
Após 141 quilómetros percorridos, sete contagens de metas volantes, sete prémios de montanha de 3.ª categoria e 13 sectores de empedrado, os ciclistas vão totalizar 1600 metros de acumulado no final da corrida. A partida será dada às 10.55, com chegada prevista para as 14.20.
Um percurso bastante acidentado, com destaque pelas subidas ao Monte de S. Félix, oferece várias possibilidades de desfecho. As equipas continentais e de clube portuguesas, e equipas de clube espanholas constituirão o pelotão da prova. César Martingil foi o vencedor do ano transato.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho