Correio do Minho

Braga,

- +
Visita ao património sem sair de casa
Mariana Machado sagra-se campeã nacional nos 3000 metros

Visita ao património sem sair de casa

Alto Minho aposta no turismo equestre

Visita ao património sem sair de casa

Braga

2020-03-31 às 11h00

Paula Maia Paula Maia

Uma viagem virtual aos jardins históricos da cidade é a proposta que a câmara de Braga lhe propõe em altura de isolamento social. Através do telemóvel ou do computador pode conhecer melhor toda a história destes espaços emblemáticos.

Visitar o vasto e rico património da cidade bimilenar sem sair da casa é proposta que o pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Braga propõe aos cidadãos, sobretudo os bracarenses, numa altura em que a esmagadora maioria das famílias está em isola- mento social.
‘À Descoberta de Braga sem sair de casa’ é o programa lançado pela autarquia que permite aproveitar o tempo livre de uma forma mais pedagógica, educativa, cultural e até mais sadia, desviando um pouco a atenção das notícias menos positivas que por esta altura nos invadem diariamente.
Através do telemóvel ou computador pode ficar a conhecer um conjunto de espaços culturais de Braga.
Nesta primeira edição a proposta sugerida é uma viagem virtual pelos jardins históricos da cidade.
Assim, neste ‘Roteiro dos Jardins Históricos’, pode visitar, a partir do seu sofá, estes espaços de enorme valia cultural, ambiental e histórica.
Ao CM, a vereadora da Cultura da câmara de Braga refere que o projecto surge no seguimento da iniciativa ‘À?Descoberta de Braga’ que a autarquia promovia mensalmente com visitas guiadas a vários espaços e que agora foi adaptada para dar resposta às necessidades actuais em contexto de pandemia mundial, em que as pessoas são aconselhadas a permanecer nas suas casas.
“Entendemos que tínhamos informação que podia dar continuidade ao projecto, promovendo visitas ao nosso património e à nossa história, de uma forma diferente, sem sair de casa”, diz a vereadora Lídia Brás Dias, dando conta que o material agora colocado à disposição do público em formato digital é o que foi desenvolvido ao longo dos seis anos do projecto.
“Estas brochuras que agora podem ser consultadas no computador ou no telemóvel são as que fazíamos para acompanhar as visitas guiadas e que complementavam as explicações que eram dadas por quem conduzia esse mesmas visitas”, continua a vereadora, acrescentando que não tendo narrador, este formato dá possibilidade às pessoas de visitarem os espaços, conhecer um pouco a sua história e os seus elementos principais.
“É uma oportunidade diferente de apresentarmos uma proposta cultural importante porque estamos a visitar espaços que são conhecidos, mas com uma componente histórica maior e uma análise mais aprofundada, com recurso também à fotografia”, continua a vereadora, considerando que esta é mais uma forma das pessoas continuarem “ligadas a Braga e a descobrir o seu património”, acreditando que muitos dos que não tinham oportunidade de fazer a visita guiada podem agora fazê-la de forma virtual.
Este roteiro propõe-nos uma viagem ao Jardim dos Biscainhos, um dos mais expressivos jardins do Barroco que sobreviveram em Portugal; ao Jardim Nogueira da Silva, onde se encontram um importante conjunto de esculturas e azulejos de Jorge Barradas e ao Jardim de Santa Bárbara, um dos mais significativos espaços monumentais da cidade onde está presente a Fonte de Santa Bárbara, uma fonte seiscentista que esteve outrora colocada ao centro de um dos claustros do antigo Convento dos Remédios.
“Estas brochuras, que resultam dos projectos que fomos realizando ao longo dos seis anos de ‘À Descoberta de Braga’ foram agora trabalhadas para este efeito”, explica a vereadora.
Lídia Brás Dias diz que poder-se-ão seguir outros roteiros digitais a outros pontos do património e da história da cidade. “Procuramos, no fundo, tornar as propostas mais dinâmicas. O que queremos é que as pessoas se sintam ligadas à sua cidade por bons motivos, terem alguma vontade de conhecerem um pouco mais aquilo que muitas vezes conhecemos de forma superficial”, remata.


Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho