Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Vitória histórica do PS no distrito de Viana do Castelo que recupera um deputado
Associação de Moradores das Lameiras quer deixar ‘Marc@as’ na comunidade

Vitória histórica do PS no distrito de Viana do Castelo que recupera um deputado

Póvoa de Lanhoso promove Sorteio de Natal para dinamizar comércio

Vitória histórica do PS no distrito de Viana do Castelo que recupera um deputado

Nacional

2019-10-08 às 06h00

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

Nas Legislativas, o PS foi o partido mais votado, tendo recuperado o terceiro deputado pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo que havia perdido em 2015 para a coligação PSD/CDS-PP. O PSD ficou em segundo lugar, com 33,8% dos votos e o mesmo número de deputados que os socialistas (3).

“Esta é uma vitória histórica do PS no Alto Minho. Num distrito eleitoralmente mais conservador, esta é a quarta vez que o PS ganha umas eleições legislativas, o que diz muito da valia desta vitória”. A reacção de Miguel Alves, presidente da Federação do PS de Viana do Castelo no rescaldo da noite eleitoral de domingo.
Miguel Alves apontou que “o PS cumpriu todos os objectivos que traçou: foi o partido mais votado, elegeu 3 deputados, cresceu em termos absolutos e percentuais e recuperou terreno em concelhos onde, nas últimas autárquicas não conseguiu afirmar o seu projecto político. O PS ganhou e a Direita perdeu copiosamente tendo ficado sem um deputado e com menos 10 mil votos do que tiveram há 4 anos atrás”.

O PS obteve 42.392 votos em todo o distrito de Viana do Castelo, tendo saído vencedor nos concelhos de Caminha, Melgaço, Paredes de Coura, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira. Com este resultado, o Partido Socialista elege 3 deputados no círculo eleitoral de Viana do Castelo: Tiago Brandão Rodrigues, Marina Gonçalves e Anabela Rodrigues.
A Distrital do PSD de Viana do Castelo defendeu ontem a realização de eleições directas antecipadas face ao “pior resultado do partido em 36 anos”, em eleições legislativas, afirmou o presidente da Distrital do PSD de Viana, Carlos Morais.

“O PSD tem um congresso electivo previsto para Janeiro/Fevereiro de 2020. Era importante e atendendo a que o líder do partido diz sempre que há guerras internas que se clarificasse, que se marcassem eleições directas antecipadas”, afirmou o líder da comissão política distrital do PSD de Viana do Castelo.
Nas legislativas, o PS foi o partido mais votado, com 34,78% dos votos, tendo recuperado o terceiro deputado pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo à Assembleia da República que havia perdido em 2015 para a coligação PSD/CDS-PP. O PSD ficou em segundo lugar, com 33,8% dos votos e o mesmo número de deputados que os socialistas (3).
Para o líder da Distrital do PSD, Carlos Morais, a realização de eleições directas antecipadas permitirá ao PSD “ganhar tempo e preparar melhor as próximas disputas eleitorais, em concreto, as próximas eleições autárquicas”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.