Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Vizela: Presidente da Câmara reuniu com comerciantes da Praça da República e Jardim Manuel Faria
Arcos de Valdevez: 'Fumo dos Dias' mostra retrato dos quotidiano da comunidade cigana

Vizela: Presidente da Câmara reuniu com comerciantes da Praça da República e Jardim Manuel Faria

Mais de 35 mil consultas não presenciais entre Maio e Julho

Vizela: Presidente da Câmara reuniu com comerciantes da Praça da República e Jardim Manuel Faria

Vale do Ave

2020-01-14 às 15h15

Redacção Redacção

De destacar que o RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável, que integra um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos, potenciando a sua atratividade e reforçando a identidade do centro, para que esta não se perca ou sofra descaracterizações, dando uma nova vida a esta área, ao mesmo tempo que potencia a intervenção dos privados. 

No seguimento da política de requalificação do centro urbano de Vizela, o Presidente da Câmara Municipal, acompanhado pelo Vereador das Obras Municipais, reuniu hoje com os comerciantes da Praça da República e Jardim Manuel Faria, para apresentação do respetivo projeto de requalificação.
Nesta reunião, o Presidente da Câmara destacou a importância da revitalização do centro urbano, que há mais de 10 anos que não havia uma única obra no centro e que este Executivo veio alterar por completo este paradigma, tendo implementado o RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável, que integra um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos, num investimento de cerca e 3,5M€, sendo investimento próprio de 1M€, e que irá tornar irreconhecível o centro urbano de Vizela.
De destacar que o RUS - Plano de Ação - Regeneração Urbana Sustentável, que integra um conjunto de intervenções integradas nos espaços públicos, potenciando a sua atratividade e reforçando a identidade do centro, para que esta não se perca ou sofra descaracterizações, dando uma nova vida a esta área, ao mesmo tempo que potencia a intervenção dos privados. 
Neste Plano de Ação destaca-se a obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria, mas também de todas as artérias adjacentes, tal como a Rua Doutor Abílio Torres, a Av. dos Bombeiros Voluntários, a Rua Doutor Pereira Caldas (Rua da Rainha), a Rua Joaquim Pinto, a Rua Ferreira Caldas, a Av. Eng. Sá e Melo, o parque de estacionamento no Fórum Vizela e ainda a Casa da Cultura.
O RUS iniciou com as obras de requalificação da Rua das Termas e criação de uma pequena praceta de acesso ao estabelecimento termal e da Rua Doutor Pereira Caldas, mais conhecida por Rua da Rainha, assim como a respetiva ligação ao Fórum Vizela, obras que já se encontram concluídas.
O Presidente da Câmara destacou que quando este Executivo Municipal tomou posse nada havia sido feito pelo anterior Executivo em relação à obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria e que o valor aprovado em candidatura não era suficiente para a execução da obra, tendo este Executivo conseguido um reforço da dotação FEDER de 665.543,13€, numa obra que terá um investimento total de 1.843.085,57€, com uma comparticipação de 1.566.622,73€, sendo o investimento próprio da Câmara de 276.462,84€.
Nesta reunião foi também aprestando o cronograma de execução da obra, nomeadamente a fase das infraestruturas e a fase de execução, assim como as condições em que a obra vai ser executada.
A obra de requalificação da Praça da República e Jardim Manuel Faria deverá estar no terreno no próximo mês de fevereiro, aguardando apenas o visto do Tribunal de Contas. Victor Hugo Salgado afirmou que apesar de ser um projeto ambicioso, está convicto que no final será uma obra que vai deixar orgulhoso cada vizelense.
O Edil apelou à cooperação e compreensão dos comerciantes, pedindo desculpa por todos os constrangimentos resultantes das obras, reiterando que projeto de requalificação e revitalização da Praça da República e Jardim Manuel Faria é de extrema relevância para o Concelho, sendo que a Autarquia irá envidar todos os esforços para que a intervenção decorra de modo a minorar o seu impacto no quotidiano dos munícipes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho