Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Ymotion homenageia a atriz Maria João Bastos
Feira do Livro regressa às ruas e evoca Maria Ondina Braga e José Saramago

Ymotion homenageia a atriz Maria João Bastos

SC Braga brilha com conquista de dez pódios

Ymotion homenageia a atriz Maria João Bastos

Vale do Ave

2021-11-11 às 14h29

Redacção Redacção

Gala final do festival decorre sábado, 13 de novembro, no Centro de Estudos Camilianos

Citação

A atriz portuguesa Maria João Bastos vai ser homenageada na gala final do Ymotion - Festival de Cinema Jovem de Famalicão, que vai realizar-se no próximo sábado, 13 de novembro, pelas 21h30, no auditório do Centro de Estudos Camilianos, em S. Miguel de Seide. A cerimónia ficará também marcada pelo tributo aos compositores Bernardo Sassetti e Ennio Morricone, por Inês Silva e Pedro Lima, jovens músicos famalicenses.

Estes serão dois momentos marcantes da sétima edição do Ymotion que arrancou dia 8 e decorre até 13 de novembro onde culminará com uma gala onde serão anunciados os grandes vencedores do festival.

A gala final conta com a presença do presidente da Câmara Municipal, Mário Passos, que encerrará a sessão.

A jornalista de cinema, Maria João Rosa, será a anfitriã da cerimónia que contará ainda com as presenças de Rui Tendinha, jornalista e crítico de cinema e comissário do festival, a atriz Benedita Pereira, o jornalista Pedro Oliveira, o ator Ricardo Pereira, a realizadora Leonor Teles, o jornalista Tiago Alves, a atriz Sónia Balacó, o argumentista e realizador Tiago Santos, entre outros.

Recorde-se que estiveram em competição no Ymotion cerca de 40 curtas-metragens desenvolvidas por jovens realizadores, entre os 12 e os 35 anos, nas categorias «Grande Prémio Joaquim de Almeida», «Escolas Secundárias», «Melhor Documentário», «Melhor Curta de Animação», «Melhor Representação», «Melhor Argumento», «Melhor Direção de Fotografia» e «Prémio do Público».

O YMotion é um festival organizado pelo Município de Vila Nova de Famalicão desde 2015, que se tem vindo a afirmar no circuito de mostras e festivais de cinema do país, servindo de alavanca para o trabalho de jovens cineastas dos 12 aos 35 anos de idade. Na edição de 2020, foram recebidas quase duas centenas de curtas-metragens na competição e o realizador Filipe Rufatto recebeu o «Grande Prémio Joaquim de Almeida» pelo seu filme «Sofia» (2019).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho