Correio do Minho

Braga,

- +
‘Ymotion’ reúne amantes do cinema jovem e homenageia Soraia Chaves
Júlia Fernandes considera padel “um projecto vencedor”

‘Ymotion’ reúne amantes do cinema jovem e homenageia Soraia Chaves

Haverá duas com três?

‘Ymotion’ reúne amantes do cinema jovem e homenageia Soraia Chaves

Vale do Ave

2022-11-20 às 06h00

Redacção Redacção

Festival de Cinema Jovem de Famalicão conta com a presença de 40 curtas-metragens. A actriz Beatriz Godinho e o músico David Fonseca são alguns dos artistas que marcam presença na edição deste ano.

Citação

Começa amanhã, na Casa da Juventude, a 8.ª edição do ‘Ymotion - Festival de Cinema Jovem de Famalicão. Este ano o evento presta homenagem à actriz Soraia Chaves, que marca presença na sessão de encerramento, no dia 26. A semana começa com a projecção das 40 curta-metragens que estão a competir pelos prémios de ‘Melhor Documentário’, ‘Melhor Animação’, ‘Escolas Secundárias’, ‘Prémio do Público’, ‘Melhor Interpretação’, Melhor Argumento’, ‘Melhor Direcção de Fotografia’ e, o ex libris do festival, ‘Grande Prémio Joaquim de Almeida’. As projecções decorrem até quinta-
-feira. Na sexta-feira, no Centro de Estudos Camilianos, pelas 15 horas, o comissário do festival, Rui Tendinha, conversa com a atriz Beatriz Godinho e com a agente do departamento de actores da Elite, Carla Quelhas, no âmbito da rúbrica ‘Novíssimo Cinema Português’.
 Neste mesmo dia, também terá lugar a antestreia de ‘O Último Animal’ (2022), a nova longa-metragem do realizador Leonel Vieira, que tem como protagonista o renomado actor, Joaquim de Almeida, que regressa ao Ymotion seis anos depois da sua última visita no âmbito do festival. A projeção acontece na Casa das Artes de Famalicão, pela 21.30 horas, com entrada gratuita. A noite de sexta-feira termina no Café-Concerto da Casa das Artes ao som de jovens músicos famalicenses, numa intervenção musical com enfoque no cinema de animação, a partir das 22.30 horas. O último dia do festival arranca com uma sessão especial fora da competição, com a projeção de ‘A Corrida Mais Difícil do Mundo’, de João Sá, às 16 horas, na Fundação Castro Alves, em Bairro. A noite de encerramento no sábado, arranca com a actuação ao vivo de David Fonseca, que vai apresentar algumas músicas do seu mais recente álbum, ‘Living Room Bohemian Apocalypse’ (2022), seguido da entrega dos prémios aos vencedores da competição e encerra com uma homenagem a Soraia Chaves, no auditório do Centro de Estudos Camilianos, em Seide, pelas 21.30 horas.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho